Clique Aqui [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes - Página 4477

Lista de Usuários Marcados

Página 4477 de 5178 PrimeiroPrimeiro ... 34773977437744274467447544764477447844794487452745774977 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 44.761 a 44.770 de 51778
Like Tree61892Likes

Tópico: [Política] - O andamento e as decisões de nossos governantes

  1. #44761
    World Class Avatar de sopro
    Data de Ingresso
    30/08/09
    Localização
    Moisés Lucarelli
    Posts
    19.681
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #44762
    World Class Avatar de Cão
    Data de Ingresso
    01/10/07
    Localização
    Beira Rio
    Posts
    19.726
    Muito donkey dizer que baixar imposto eh bobajada. Kkkk bizarro
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #44763
    Expert Avatar de ex-ReiDaCacheta
    Data de Ingresso
    02/08/08
    Localização
    Off Poker
    Posts
    4.273
    Mais sobre fact checking.

    @Picinin

    (...)

    A coisa começa a ficar feia quando se nomeia um responsável por dizer o que é fato e o que não é, dentro de uma multiplicidade de opiniões e interpretações mais ou menos imperfeitas. O que o Facebook está fazendo é nomear um consórcio que vai atuar como uma espécie de "Ministério da Verdade" orweliano, uma estrutura que, ao deter o monopólio de dizer o que é verdade e o que não é, logicamente deterá também o monopólio da falsificação da verdade. O Facebook está transferindo o filtro da verdade, da consciência de cada indivíduo, para uma estrutura centralizada cujos interesses nunca são devidamente explicitados. Versões "não autorizadas" da verdade ainda poderão ser escritas, claro, porque censura é uma palavra feia e fora de moda, mas tudo que não receber o selo de qualidade do Minivero será movido para os "buracos da memória" dos porões do Departamento de Ficção. A sua versão dos fatos não será calada, mas o público não terá acesso a ela.

    Na segunda feira, por exemplo, João Amoêdo afirmou em entrevista ao Roda Viva que "a quantidade de mulheres eleitas nas câmaras municipais hoje é menor do que antes da cota [de 30%, no mínimo, para cada sexo]". A Agência Lupa, uma das empresas contratadas pelo FB para fazer "fact checking", rotulou tal afirmação como FALSA, afirmando que "o número de mulheres eleitas vereadoras cresceu desde a adoção da cota, em 2009. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2008, 6.504 mulheres (12,5% do total) foram eleitas. Nas primeiras eleições municipais seguintes, em 2012 – já com a cota valendo, foram 7.656 (13,3% do total). Em 2016, houve nova alta: 7.810 mulheres eleitas, ou 13,5% do total." (Amoêdo diz que cota não levou mais mulheres às câmaras municipais. Será?). Mas há dois meses, em março, a mesma Agência Lupa cravou, em matéria na Piauí, que "cota de candidatas não elevou o número de mulheres eleitas", justificando que "enquanto as candidaturas femininas em eleições gerais cresceram de 14% em 2002 para 31% em 2014, o número de mulheres eleitas teve inclusive uma leve queda: passou de 11,2% em 2002 para 10,8% em 2014."(SobreElas: cota de candidatas não elevou o número de mulheres eleitas). É verdade que no primeiro caso a afirmação cingiu-se ao número de VEREADORAS eleitas, enquanto no segundo caso tratou-se de mulheres eleitas em todos os cargos, mas ambas as estatísticas podem justificar tanto a conclusão de que a lei de cotas melhorou quanto a de que ela piorou a representação feminina, que é a discussão de fundo relevante para o eleitor. Além disso, escamoteia-se o fato de que o número de mulheres eleitas vereadoras já vinha numa trajetória de crescimento muito antes da Lei de Cotas: foram 11,6% nas eleições de 2000, aumentando para 12,6% nas eleições de 2004. O mais interessante é que quem assina ambas as matérias é o MESMO jornalista, Chico Marés, que num espaço de apenas dois meses parece ter mudado de opinião sobre o que deve ser ou não tratado como "verdade".

    Ninguém aqui está questionando a orientação ideológica ou a boa-fé do jornalista Chico Marés. A questão é que ele é um dos investidos pelo Facebook para dizer se o que EU digo é ou não verdade, quando ele próprio não parece ter uma percepção coerente dos fatos. E se você acha que usar números e estatísticas aumenta a chance de se estar correto sobre qualquer coisa, perceba que em ambos os casos ele vomitou estatísticas, primeiro pra "provar" que cotas para candidatas não aumentam a representatividade feminina em geral, e segundo para provar que melhoram a representatividade feminina, mas APENAS nas câmaras municipais. E ao esconder o fato de que a representatividade feminina nas câmaras municipais já vinha aumentando desde 2000, muito antes da lei de cotas, ele FALSIFICA a percepção da realidade de todos aqui, ao fazer parecer que a lei sozinha foi responsável pelo fenômeno.

    Quem checa os fatos das agências de checagem de fatos?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #44764
    Chip Leader Avatar de ColinsFil
    Data de Ingresso
    12/09/11
    Posts
    1.611
    Quem checa as checagem dos checadores dos que checam os fatos do checadores de checagem?
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #44765
    World Class Avatar de PebaVermelho
    Data de Ingresso
    05/06/10
    Posts
    15.928
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Mais sobre fact checking.
    Cara, primeiro você criticou a agência dizendo o papa do negócio seria o Sakamoto que daria a palavra final sobre o que seria verdadeiro e falso, o que prova, aliás, que você mesmo devia seguir uma agência de fact checking pra não espalhar tanta fake news.

    Agora sua grande crítica sobre a agência, pasmem, é que ela disse que um dado falso afirmado pelo Amoedo era falso.

    PQP
    santiago likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #44766
    Expert Avatar de ex-ReiDaCacheta
    Data de Ingresso
    02/08/08
    Localização
    Off Poker
    Posts
    4.273
    Citação Postado originalmente por PebaVermelho Ver Post
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Mais sobre fact checking.
    Cara, primeiro você criticou a agência dizendo o papa do negócio seria o Sakamoto que daria a palavra final sobre o que seria verdadeiro e falso, o que prova, aliás, que você mesmo devia seguir uma agência de fact checking pra não espalhar tanta fake news.

    Agora sua grande crítica sobre a agência, pasmem, é que ela disse que um dado falso afirmado pelo Amoedo era falso.

    PQP
    1) Eu já disse que errei no comentário do Sakamoto, qual parte você não entendeu?

    2) Rebate o comentário do post. Pelo jeito, foi outra coisa que você também não entendeu.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #44767
    World Class Avatar de PebaVermelho
    Data de Ingresso
    05/06/10
    Posts
    15.928
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Citação Postado originalmente por PebaVermelho Ver Post
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Mais sobre fact checking.
    Cara, primeiro você criticou a agência dizendo o papa do negócio seria o Sakamoto que daria a palavra final sobre o que seria verdadeiro e falso, o que prova, aliás, que você mesmo devia seguir uma agência de fact checking pra não espalhar tanta fake news.

    Agora sua grande crítica sobre a agência, pasmem, é que ela disse que um dado falso afirmado pelo Amoedo era falso.

    PQP
    1) Eu já disse que errei no comentário do Sakamoto, qual parte você não entendeu?

    2) Rebate o comentário do post. Pelo jeito, foi outra coisa que você também não entendeu.
    Rebater o quê? Não tem nada pra ser rebatido. O Amoêdo disse que o número de representantes mulheres eleitas nas câmaras municipais caiu depois das cotas e o dado é falso, como o próprio texto reconhece. Eu não sei se você sabe, mas é exatamente assim que funcionam as agências de fact checking. Alguém afirma um fato e a agência vai lá pra averiguar se o fato afirmado é verdadeiro ou falso. No caso do Amêdo era falso e foi isso que a agência declarou.

    Esse texto em nada difere do vídeo que você postou. Puro chororô.
    santiago likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #44768
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.597
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Mais sobre fact checking.

    @Picinin

    (...)

    A coisa começa a ficar feia quando se nomeia um responsável por dizer o que é fato e o que não é, dentro de uma multiplicidade de opiniões e interpretações mais ou menos imperfeitas. O que o Facebook está fazendo é nomear um consórcio que vai atuar como uma espécie de "Ministério da Verdade" orweliano, uma estrutura que, ao deter o monopólio de dizer o que é verdade e o que não é, logicamente deterá também o monopólio da falsificação da verdade. O Facebook está transferindo o filtro da verdade, da consciência de cada indivíduo, para uma estrutura centralizada cujos interesses nunca são devidamente explicitados. Versões "não autorizadas" da verdade ainda poderão ser escritas, claro, porque censura é uma palavra feia e fora de moda, mas tudo que não receber o selo de qualidade do Minivero será movido para os "buracos da memória" dos porões do Departamento de Ficção. A sua versão dos fatos não será calada, mas o público não terá acesso a ela.

    Na segunda feira, por exemplo, João Amoêdo afirmou em entrevista ao Roda Viva que "a quantidade de mulheres eleitas nas câmaras municipais hoje é menor do que antes da cota [de 30%, no mínimo, para cada sexo]". A Agência Lupa, uma das empresas contratadas pelo FB para fazer "fact checking", rotulou tal afirmação como FALSA, afirmando que "o número de mulheres eleitas vereadoras cresceu desde a adoção da cota, em 2009. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2008, 6.504 mulheres (12,5% do total) foram eleitas. Nas primeiras eleições municipais seguintes, em 2012 – já com a cota valendo, foram 7.656 (13,3% do total). Em 2016, houve nova alta: 7.810 mulheres eleitas, ou 13,5% do total." (Amoêdo diz que cota não levou mais mulheres às câmaras municipais. Será?). Mas há dois meses, em março, a mesma Agência Lupa cravou, em matéria na Piauí, que "cota de candidatas não elevou o número de mulheres eleitas", justificando que "enquanto as candidaturas femininas em eleições gerais cresceram de 14% em 2002 para 31% em 2014, o número de mulheres eleitas teve inclusive uma leve queda: passou de 11,2% em 2002 para 10,8% em 2014."(SobreElas: cota de candidatas não elevou o número de mulheres eleitas). É verdade que no primeiro caso a afirmação cingiu-se ao número de VEREADORAS eleitas, enquanto no segundo caso tratou-se de mulheres eleitas em todos os cargos, mas ambas as estatísticas podem justificar tanto a conclusão de que a lei de cotas melhorou quanto a de que ela piorou a representação feminina, que é a discussão de fundo relevante para o eleitor. Além disso, escamoteia-se o fato de que o número de mulheres eleitas vereadoras já vinha numa trajetória de crescimento muito antes da Lei de Cotas: foram 11,6% nas eleições de 2000, aumentando para 12,6% nas eleições de 2004. O mais interessante é que quem assina ambas as matérias é o MESMO jornalista, Chico Marés, que num espaço de apenas dois meses parece ter mudado de opinião sobre o que deve ser ou não tratado como "verdade".

    Ninguém aqui está questionando a orientação ideológica ou a boa-fé do jornalista Chico Marés. A questão é que ele é um dos investidos pelo Facebook para dizer se o que EU digo é ou não verdade, quando ele próprio não parece ter uma percepção coerente dos fatos. E se você acha que usar números e estatísticas aumenta a chance de se estar correto sobre qualquer coisa, perceba que em ambos os casos ele vomitou estatísticas, primeiro pra "provar" que cotas para candidatas não aumentam a representatividade feminina em geral, e segundo para provar que melhoram a representatividade feminina, mas APENAS nas câmaras municipais. E ao esconder o fato de que a representatividade feminina nas câmaras municipais já vinha aumentando desde 2000, muito antes da lei de cotas, ele FALSIFICA a percepção da realidade de todos aqui, ao fazer parecer que a lei sozinha foi responsável pelo fenômeno.

    Quem checa os fatos das agências de checagem de fatos?
    Respondendo a pergunta: quem checa é o próprio leitor, oras. O que a agência faz é trazer ao leitor dados e fontes para você fazer sua própria interpretação.

    No caso trazido no post, não há NENHUMA contradição, só uma imensa má vontade do autor. O Amoedo falou em vereadoras eleitas, e errou. Deveria ter falado que a cota não aumentou o número de mulheres eleitas, e aí ele estaria certo. O problema aí é a falta de capacidade de argumentação do debatedor. Se ele queria criticar as cotas - e eu concordo com a crítica - deveria ter dito que ela não aumentou o número de candidatas eleitas. O pior é que, respondendo à checagem da Lupa, a assessoria do cara vai e me solta que ele “quis dizer que a quantidade de​ vereadoras eleitas em relação ao total de candidatas diminuiu de 9% em 2008 para ​5,1%​ em 2016”. E daí? Esse dado é irrelevante,o objetivo da cota era fazer com que mais mulheres fossem eleitas, e ela falhou. O que interessa é observar se o número de mulheres eleitas aumentou.

    Em suma, a agência não mentiu, não entrou em contradição, e ainda trouxe dados que reforçam o ponto do Amoedo - coisa que ele próprio não conseguiu fazer...
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #44769
    Expert Avatar de ex-ReiDaCacheta
    Data de Ingresso
    02/08/08
    Localização
    Off Poker
    Posts
    4.273
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    mas ambas as estatísticas podem justificar tanto a conclusão de que a lei de cotas melhorou quanto a de que ela piorou a representação feminina, que é a discussão de fundo relevante para o eleitor. Além disso, escamoteia-se o fato de que o número de mulheres eleitas vereadoras já vinha numa trajetória de crescimento muito antes da Lei de Cotas: foram 11,6% nas eleições de 2000, aumentando para 12,6% nas eleições de 2004.
    Não é possível que vocês estejam fazendo vistas grossas para isso. Ah tá, é só "checagem dos fatos".

    Segue o jogo...
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #44770
    World Class Avatar de PebaVermelho
    Data de Ingresso
    05/06/10
    Posts
    15.928
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    mas ambas as estatísticas podem justificar tanto a conclusão de que a lei de cotas melhorou quanto a de que ela piorou a representação feminina, que é a discussão de fundo relevante para o eleitor. Além disso, escamoteia-se o fato de que o número de mulheres eleitas vereadoras já vinha numa trajetória de crescimento muito antes da Lei de Cotas: foram 11,6% nas eleições de 2000, aumentando para 12,6% nas eleições de 2004.
    Não é possível que vocês estejam fazendo vistas grossas para isso. Ah tá, é só "checagem dos fatos".

    Segue o jogo...
    Novamente, agência de fact checking não serve pra justificar essa ou aquela conclusão. Ela serve pra dizer se a afirmação de um fato é verdadeira ou falsa.

    Você está criticando a agência por não corroborar a conclusão que você entende correta, sendo que o papel de uma agência de fact checking é tudo menos justificar conclusões. Ela serve para informar o leitor sobre o que é fato e o que não é.

    Se a agência fizesse o que você quer ela estaria atuando como coluna de opinião.
    santiago likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados