Português João Vieira Bate Joe Cada no Heads-Up do Evento #70 e Conquista Quarta Joia do País na WSOP

Por: 05/07/2019

João Vieira, o Naza114 do online e um dos mais habilidosos de Portugal, bateu campeão mundial no heads-up para embolsar US$ 758.011.

joão vieira 450Se a justiça foi feita ao permitir Yuri Martins – um dos jogadores mais técnicos do Brasil – conquistar um bracelete da WSOP nessa edição de 2019, a onda “justa” também anda pelas bandas portuguesas e João Vieira, quiçá o jogador mais habilidoso de Portugal, agora tem um bracelete para chamar de seu.

O título de João, conhecido no online pelo temido screen name “Naza114”, ocorreu no técnico Evento #70 ($5.000, NLH 6-Max), e o craque português teve que encarar uma mesa final com nomes de respeito como Barry Hutter (dono de mais de US$ 5 milhões em prêmios e um bracelete da WSOP), Olivier Busquet – um dos maiores especialistas em heads-up – e o campeão do Main Event de 2009 Joe Cada no duelo final.

Entretanto, a grande performance de João teve destaque na bolha da mesa final, ao pegar um blefe do craque Ankush Mandavia. Nos blinds 40.000/80.000/big blind ante 80.000, Mandavia aumentou para 180.000, no botão, e João, no small blind, aplicou uma 3-bet. No flop A77, João deu a c-bet de 430.000 fichas e o dealer abriu o turn Q. Após bater na mesa, o português pagou a aposta de Mandavia de 425.000 fichas e, no river 2, aplicou novo check. Mandavia acelerou e apostou 1.200.000 fichas, ficando com apenas 275.000 pra trás. Após ficar no tank vários minutos, João, com 1.700.000 fichas, optou pelo call e viu que seu KK era suficiente para bater o blefe de Mandavia com T9. A mão fez o português virar chip leader e criar momentum para a mesa derradeira.

Já o heads-up contra o campeão mundial Joe Cada foi rápido. Começando com uma leve desvantagem no stack, o português assumiu a ponta e fechou o duelo em apenas 10 mãos, quando seu AK venceu o AQ de Cada em um all-in pré- flop.

“Estou muito feliz. Acho que ainda não caiu a ficha. Tenho tido muita paciência, e o caminho não tem sido fácil. Não acredito em justiça, mas sim em trabalho duro. Ganhar cinco braceletes é um dos meus principais objetivos. Esta foi a primeira e é um grande peso que me sai dos ombros”, revelou o campeão ao site da WSOP.

Este é o quarto bracelete luso na World Series. Jonathan Aguiar, Francisco António da Costa Santos e Diogo Veiga completam os portugueses campeões da WSOP.

Com 815 entradas, o Evento #70 distribuiu US$ 3.789.750 em prêmios, e teve Fabiano Kovalski como brasileiro melhor colocado. Eliminado na 10º posição, o “Kova” embolsou US$ 59.338.

RESULTADO MESA FINAL EVENTO #70 WSOP 2019

1- João Vieira (Portugal): US$ 758.011
2- Joe Cada (EUA):US$ 468.488
3- Jamie O’Connor (Reino Unido): US$ 317.956
4- Pierre Calamusa (França): US$ 219.468
5- Olivier Busquet (EUA): US$ 154.112
6- Barry Hutter (EUA): US$ 110.127

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

CONHEÇA OS MELHORES SOFTWARES PARA ESTUDAR POKER ONLINE

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Salas de Poker