Andrew Yang, defensor do poker online nos EUA, desiste de candidatura à Presidência

Por: 12/02/2020

Andrew Yang tinha como bandeiras regulamentação do poker, criptomoedas e proposta de renda mínima, mas desistiu de candidatura após resultados das primárias de New Hampshire.

andrew yang 450A candidatura de Andrew Yang à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata não passou do pré-flop, com o candidato desistindo da campanha logo após a divulgação dos resultados das primárias de New Hampshire, onde Andrew conseguiu apenas 2,8% dos votos e não conquistou nenhum delegado para levar sua candidatura adiante.

“Eu sou um cara da matemática e está claro pelos números desta noite que não venceremos essa disputa. Por isso anuncio que estou suspendendo a minha campanha à Presidência”, disse Andrew ainda na noite da última terça-feira em comício no estado americano.

Defensor da legalização do poker online, Andrew logo caiu nas graças de vários expoentes do jogo, com Phil Galfond e Antonio Esfandiari declarando apoio ao candidato. Daniel Negreanu chegou a ir mais longe e até organizou um torneio para angariar fundos para a campanha do advogado e empresário.

Além do apoio ao poker online, Andrew também defendia a regulamentação de criptomoedas e a renda mínima de US$ 1.000 por mês.

A disputa para definir o candidato do Partido Democrata ainda conta com nove nomes, com o mais radical Bernie Sanders – Senador pelo estado de Vermont – e o mais moderado Pete Buttigieg – Prefeito de apenas 38 anos de South Bend, Indiana –  praticamente empatados no número de delegados após o cáucaso de Iowa e as primárias de New Hampshire. Entretanto, analistas afirmam que a candidatura de Michael Bloomberg deve ganhar força a partir da “Super Terça”, onde vários estados realizam primárias em março, já que o bilionário da mídia deve investir cerca de US$ 250 milhões durante a campanha, valor 10 vezes maior do que o previsto pela equipe de Bernie Sanders.

Já Andrew Yang prometeu voltar à disputa em 2024, e publicou um “Voltaremos”, em seu Twitter.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker