Mateus Pimenta Lidera 10 Brasileiros em Field Muito Forte no Dia 2 do Evento #60 da WSOP

Por: 26/06/2019

Mateus Pimenta tem o 22º maior stack em field repleto de brasileiros. Confira os stacks.

mateus pimenta 450Os brasileiros que não invadiram o Evento #59 da WSOP, na reta de ontem, decidiram se aventurar em um Omahinha no Evento #60($1,500 PLO Hi-Lo 8 or Better Draws to a Close) da WSOP.

Entre os 10 brasileiros classificados, ninguém se saiu melhor do que Mateus Pimenta, que ensacou 146.200 fichas e é o 22º colocado na tabela de classificação. Acima da média de 66.966 fichas, também avançaram Felipe Duarte (108.200), Rafael Caiaffa (105.200), Thiago Crema (95.000), Bruno Gazotto (95.300), e Murilo Figueredo (83.800).

Já abaixo do average, completam a equipe brasileira no Dia 2 Gregor Carvalho (63.700), Bernardo Dias (42.600), Yuri Martins (39.900) e José Vaughan (32.000).

A ponta é do americano americano Ray Medlin, dono de 240.100 fichas, e os compatriotas Richard Bai, com 225.200 e Danny Woolard, com 217.500, completam o pódio.

O field tem entre os destaques o craque Ari Engel, com o quarto maior stack (216.200), Scott Clements (148.000), Patrick Leonard (145.000), Jeremy Ausmus (131.200), James Obst (117.100), Ben Yu (114.600), Jon Turner (100.300), Mike Sexton (82.800), Daniel Negreanu (77.200), Mike Matusow (73.400), Barry Greenstein (61.200), Erik Seidel (45,400) e Connor Drinan (42.000).

A ação recomeça a partir das 18 horas (de Brasília), com os blinds em 800/1.600. Serão 168 jogadores premiados com, no mínimo, US$ 2.249 e o bracelete vale US$ 279.920.

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

CONHEÇA O BARALHO DE QUATRO CORES MAISEV PARA JOGOS AO VIVO.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker