Humanos Tomam Sova de Bot em Desafio de Heads-Up de NLH

Por: 23/01/2017

Apenas na metade do desafio, bot produzido pela Universidade de Carnegie Mellon já causou prejuízo de $800 mil.

O site Dicio, – Dicionário Online de Português, define sova como “Ato ou efeito de sovar; surra, coça, espancamento, flagelação: o pai aplicou-lhe uma boa sova.”, e é essa a palavra que melhor define o resultado do novo desafio Brains vs Artifical Inteligence (Cérebros vs Inteligência Artificial).

Produzido por pesquisadores e estudantes da Faculdade de Ciências da Computação da Universidade de Carnegie Mellon, o bot Libratus tem a missão de encarar quatro profissionais em 120 mil mãos de No-Limit Hold’em heads-up. E, por enquanto, o “robô” tem se saído muito bem.

Com 64 mil mãos disputadas, o bot acumula um ganho de $794 mil fichas, e apresenta vantagem contra todos os quatro humanos.placar desafio bot

A equipe de profissionais é formada por Dong “DongerKim” Kim, campeão do High Roller de Heads-Up do SCOOP de 2015, Jimmy “ForTheSwaRMm” Chou, vice do Heads-Up do WCOOP de 2014, Daniel “Dougiedan678” Mcauley e Jason “PremiumWhey” Les, especialistas em HU.

Dos quatro jogadores, Kim até então apresenta o melhor resultado, com um débito de $20 mil frente à máquina, enquanto Jason Les tem o pior resultado: um tufo de $308 mil contra o bot. O jogo tem blinds de 50/100.

“O bot só melhora a cada dia. É como se fosse uma versão mais casca-grossa da gente”, afirmou Jimmy Chou sobre a possibilidade da máquina de implementar seu próprio jogo.

Patrocinado por várias empresas do ramo de tecnologia, entre elas a Intel, o desafio tem um prêmio de US$ 200 mil. Mas mais do que a grana, boa parte da motivação dos jogadores está em “defender a honra humana”, já que máquinas nunca foram capazes de derrotar profissionais em jogos de NLH.

Este é o segundo jogo entre humanos e sistemas de inteligência artificial produzido pela Universidade de Carnegie Mellon. Em 2015, a equipe capitaneada por Doug Polk venceu o bot Claudico em um desafio semelhante. Na ocasião, Doug afirmou que a máquina se sairia muito bem ao jogar contra regulares de small stakes.

MAIS: Doug Polk: “O Software de IA Se Sairia Muito Bem Contra um Regular de Small Stakes”

Se o resultado do desafio se confirmar, será o fim do reinado dos humanos no poker, já que em 2015 um bot da Universidade de Alberta se mostrou imbatível na modalidade de Limit-Hold’em.

Você pode assistir o desafio entre humanos e inteligência artificial, com comentários dos jogadores, neste link, ou dar play no vídeo abaixo.

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

CONFIRA OS PRINCIPAIS SOFTWARES PARA VOCÊ JOGAR POKER.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker