GGPoker bane 40 contas e confisca US$ 1.2 milhão em operação contra softwares de assistência

Por: 05/10/2020

40 contas foram banidas e outras 40 receberam advertência por uso de softwares de Real Time Assistance

ggpoker mesasNa última semana, o GGPoker promoveu uma pequena cruzada contra o uso de softwares de assistência em tempo real (real-time assistance, ou RTA).

As contas de 40 jogadores foram banidas, e 13 delas tiveram seus fundos confiscados totalizando US$ 1.175 milhões, que serão devolvidos aos jogadores prejudicados pelo uso dos softwares. Outros 40 jogadores receberam uma advertência.

Apesar de o número de jogadores banidos ser bastante pequeno se comparado com as ações similares de outras salas, o mesmo não pode ser dito sobre aqueles que foram afetados: a sala informa que o montante recuperado foi devolvido à 4.239 pessoas.

“Na GGPoker Network, nós acreditamos firmemente que o poker é uma batalha de inteligência que deve ser experimentada sem o uso de quaisquer RTA. Por isso, estamos entre os primeiros que proibiram heads-up displays e temos sido rápidos em banir aqueles que usam softwares proibidos. Embora sempre haverá indivíduos tentando enganar no jogo e roubar outros jogadores, nossa equipe de segurança continua sendo de ponta em relação à detecção e proteção, mantendo uma tolerância zero ao Real-Time Assistance.”

Segundo a sala, se encaixam nesta categoria softwares como solvers de GTO, calculadoras de range e ferramentas de análise de ICM. Por definição, ferramentas de heads-up display como Poker Tracker ou Holdem Manager também podem ser consideradas RTA.

 

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker, indicamos a DM Créditos

Danilo Telles

Danilo Telles

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker