Entrevista: Nomura e os segredos para vencer nos satélites do MILLIONS Rio

Por: 25/01/2019

Acredito que o MILLIONS do Rio será um marco no poker nacional, fazendo que mais marcas invistam no Brasil

renato nomura 450

A habilidade, no poker, é importante. Mas, mesmo os mais habilidosos podem cair ‘em desgraça’ se não desenvolverem um pensamento estratégico. Dominar esse aspecto do jogo pode separar amadores de profissionais e definir qual papel cada um há de ocupar na cadeia alimentar do jogo: shark ou fish?

Renato Nomura  é um shark. E a estratégia é uma de suas especialidades. Esse catarinense, membro do team online do partypokerconversou conosco na última terça-feira e falou de muitos assuntos: sua trajetória, a parceria com a sala, o MILLIONS South America e compartilhou ideias sobre estratégiaque podem ajudar muito nossos leitores.

Profissional há menos de três anos, Nomura coleciona ótimos resultados. Um deles veio três dias antes de conceder esta entrevista, quando o “Japonês” – como é chamado carinhosamente pelos amigos – se classificou para o partypoker MILLIONS South America por meio de satélites, conquistando um de 10 pacotes completos de 12 mil distribuídos por semana pela sala.

“Classificar por satélite aumenta nosso ROI significativamente

Os satélites são os melhores amigos dos jogadores com bankroll reduzido, mas podem ser de grande ajuda também para os profissionais, especialmente quando valem vaga num torneio com premiação total garantida de $ 5 milhões.

Nomura, profissional que é, sabe tudo sobre a modalidade. Por isso, neste entrevista, perdemos a vergonha. Pedimos-lhe dicas e ele nos deu uma pequena aula sobre as melhores estratégias para esses eventos, com foco nos torneios qualificatórios do MILLIONS Online, que acontecem diariamente na tela do partypoker.

DICAS DOS SATÉLITES

  • ABC das Fases iniciais

Como estes satélites são jogados em fases, é importante adequar a estratégia a cada uma. Na fase 1, temos como objetivo não só a sobrevivência, mas também o acumulo do máximo de fichas possível, para que nossas chances na fase final aumentem”.

  • ABC da Fase Final

Já na fase Final, lembre-se que o importante é a sobrevivência. Principalmente na parte final do torneio, evite ao máximo a variância, e preze pela sua sobrevivência”.

  • Quando pressionar e quando esperar cartas?

Quando se está shortstack, você deve pressionar os maiores stacks, pois eles tendem a arriscar menos. Quando entre os maiores stacks, evite ao máximos spots de alta variância, pois você já está confortável”.

  • Matemática vs. Estratégia

Os satélites são torneios com características diferentes. É bom sempre lembrar que não precisamos “cravar”, mas apenas estar dentre os classificados. Muitos sabem disso, mas cometem erros mesmo assim, especialmente na reta final. Então, sempre lembrem de tomarem as decisões não apenas matematicamente, mas estrategicamente”.

  • Jogada ‘melhor’ vs. Jogada correta – Exemplo

Um exemplo básico: recebermos AK, no botão, e o torneio está perto já da premiação. Digamos que temos 30bb e os adversários do SB e BB tenham ambos 20bb. Em um torneio MTT normal, seria uma clara situação para irmos de bet/call, possibilitando nossos oponentes irem all-in com mãos em que nosso range está muito à frente.

Em um satélite, em que o principal objetivo é a sobrevivência – em uma situação em que estamos muito perto de conseguirmos a vaga –, seria melhor nós já irmos de Open Shove (all-in), porque desta forma diminuímos muito a variância fazendo que nossos oponentes fujam com diversas mãos que eles nos colocariam em all-in. Assim, recolhemos fichas importantes para nossa sobrevivência. Sempre lembrando que no exemplo citado acima nós ainda não temos stack suficiente para nos garantir entre os classificados.

LEIA MAIS: COMO VENCER TORNEIOS SATÉLITE

 10 ANOS DE POKER

Renato Nomura começou a jogar poker há cerca de 10 anos, e por mais de sete anos atuou como amador. Tão logo decidiu se profissionalizar, procurou João Simão , de quem era amigo desde o final da década passada. “De lá pra cá, venho aprendendo muito com ele, mas tenho plena consciência que ainda tenho muito ao que aprender e evoluir. Minha carreira no poker ainda é um bebê”, diz o jogador, que também é instrutor do Massari Poker Team, equipe do casal João e Luiza Simão.

Os amigos João Simão e Renato Nomura, em evento do partypoker LIVE

Atualmente, vive do poker e para o poker, em uma rotina bastante regrada. De domingo a quinta, joga; na sexta, estuda; no sábado descansa; no meio de tudo isso, encontra espaços na agenda para ensinar. “É uma rotina bem puxada”, admite o jogador. “Mas se tem uma frase que o poker me ensinou é: “Cada escolha é uma renúncia”.

PARCERIA COM O PARTYPOKER

Antes mesmo de virar profissional, Nomura já tinha bons resultados: em 2013, por exemplo, foi campeão de uma etapa do Campeonato Brasileiro, superando uma mesa final cheia de estrelas locais, como Bruno Foster  – brasileiro que faria mesa final do Main Event da WSOP um ano depois – e Yuri Martins , gigante do poker online.

Ainda assim, faltava para o catarinense maior reconhecimento do público, que veio, em grande parte, a partir da parceria com a sala. “(A parceria) Me ajudou demais, especialmente no quesito visibilidade. Meu objetivo é sempre divulgar ao máximo a marca partypoker, motivo que me orgulha muito, pois é uma empresa que acima de tudo ouve seus clientes”.

Num futuro próximo, Nomura, figura frequente nos torneios do partypoker LIVE, terá grandes chances de fazer ainda mais seu nome. A maior delas, provavelmente, nos salões do Belmond Copacabana Palace, de 15 a 24 de março.

Confira, a seguir, outros destaques da entrevista:

O QUE ESPERAR DO MILLIONS DO RIO

Um ambiente sensacional. O povo brasileiro é extremamente caloroso e não tenho dúvidas que criará um ambiente fantástico e será histórico (…) Acredito que o evento será um marco pro poker nacional, fazendo que mais marcas invistam no Brasil, inclusive de fora, mas também que mais eventos deste porte venham a acontecer por aqui.

ROTINA: ESTUDO VS. GRIND

Eu jogo cinco vezes por semana (domingo à quinta), uma vez por semana eu estudo (sexta-feira) e tiro o sábado para descansar. Dentro dessa rotina, ainda encaixo aulas em que dou, geralmente durante a semana pelo período da manhã, ou nas sextas ou sábados.

CONSELHOS PARA QUEM QUER SER PROFISSIONAL

Então, como vocês podem ver, é uma rotina bem puxada. Mas se tem uma frase que o poker me ensinou é: “Cada escolha é uma renúncia”. Com isso, meu conselho é, se você realmente quer, corra atrás, dedique-se, que vale a pena!

VAGAS GRÁTIS DE SATÉLITE

Ajuda demais! Esse adicional  (diariamente o partypoker distribui $ 2.616, em 24 vagas nos satélites Phase 1, de $109) que o partypoker faz torna o caminho muito mais fácil. E o bacana que os grandes beneficiados são aqueles jogadores com bankroll mais curto, tornando assim possível para esses jogadores jogar um torneio deste buy in.

 

CADASTRE-SE AGORA NO PARTYPOKER ATRAVÉS DESTE LINK E CONCORRA A PRÊMIOS SENSACIONAIS NO CORRIDA DE PONTOS

 Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter
Alex Resende

Alex Resende

Envolvido com tecnologia desde muito jovem, encontrei nas ciências biológicas minha verdadeira vocação. Aprecio no poker a atmosfera e toda a gama de variáveis que uma pessoa tem que lidar a cada jogada.

Veja mais:

Salas de Poker