Dennis Blieden, campeão do WPT, pode pegar 22 anos de prisão por fraude

Por: 27/11/2019

Dennis Blieden ganhou US$ 1 milhão com título no WPT, mas furtou US$ 22 milhões da empresa para jogar e comprar criptomoedas.

dennis blieden 450Em março do ano passado, Dennis Blieden conquistou o título do Main Event do LA Poker Classic do WPT e embolsou US$ 1 milhão com a vitória. Agora, um ano e meio depois, o jogador pode ser condenado a 22 anos de prisão.

De acordo com o DOJ (sigla para Departamento de Justiça, em inglês) americano, Dennis desviou US$ 22 milhões da empresa de marketing digital StyleHaul, enquanto trabalhava como vice-presidente financeiro da companhia. Segundo a denúncia, o jogador falsificou transferências bancárias para comprovar pagamento aos clientes, e assim embolsava a quantia para desfrutar de uma vida luxuosa, jogar torneios de poker ao vivo e online e investir em criptomoedas.

O jogador de 29 anos responde a 11 acusações de fraude bancária, uma acusação de roubo de identidade agravado e duas acusações de confisco. A soma das penas poderia chegar a 200 anos de prisão, porém, ao se declarar culpado das acusações em uma audiência na última sexta-feira (22), Dennis encara uma punição de até 22 anos, ironicamente, um ano para cada US$ 1 milhão furtado.

Antes do super prêmio no WPT Dennis somava apenas US$ 24 mil em ganhos em torneios, e depois da conquista acumulou outros US$ 36 mil com ITM’s na WSOP e no MILLIONS Vegas desse ano. Logo depois desses prêmios ele foi pego pela justiça americana e é mantido em custódia desde então. Uma nova audiência está prevista para março do ano que vem.

Já a companhia vítima de Dennis anunciou o encerramento das atividades em junho passado e busca reaver parte do prejuízo com processos contra o jogador na corte de Nevada.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker