Carol Dupré é campeã do Freezout da KSOP e dedica troféu às mulheres

Por: 11/02/2020

Carol Dupré embolsou R$ 30 mil com a vitória e evitou se envolver na mais recente polêmica do poker nacional.

carol dupré ksop 450A coleção de troféus de Carol Dupré ganhou mais uma peça com a vitória da paulista no último final de semana no Freezout (R$1.000 NLH) da KSOP, e o título valeu a boladinha de R$ 30.000.

Para ficar com  a taça, Carol teve um caminho tranquilo na FT, começando como chip leader. Porém, a tranquilidade se deu até o heads-up, onde ela travou uma batalha árdua contra Anderson Vasconcelos com várias alternâncias na liderança. Na mão final, o K-T de Carol encontrou um K no flop para vencer o A-Q do oponente.

“A mulher sim, tá trabalhando num meio machista, mas a gente também ganha troféu. A gente passa por cima de 140 homens e esse troféu é pra toda mulherada de dentro e fora do poker”, disse a jogadora em entrevista a Guilherme Schiff sobre a vitória e a polêmica envolvendo o podcast do 4-bet Team. Carol afirmou não ter ouvido a transmissão por estar focada no torneio, mas que ficou sabendo de alguns trechos do podcast.

As 140 entradas do Freezout foram suficientes para deixar pra trás o garantido de R$ 120.000.

RESULTADO MESA FINAL FREEZOUT KSOP RIO DE JANEIRO 2020

1º – Carol Dupré – R$ 30.000

2º – Anderson Vasconcelos – R$ 21.000

3º – Claudio Vazquez – R$ 14.800

4º – Thiago Santos – R$ 10.900

5º – Rodrigo Otávio – R$ 8.200

6º – Leonardo Fonseca – R$ 6.200

7º – Lúcio de Almeida Pinto – R$ 4.700

8º – Diego Colombini – R$ 3.700

9º – Alan Frydman – R$ 3.000

(Foto: Artur Oliveira/Mundo Poker)

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker