Rodrigo Valente Fala Sobre Sua Vida e Carreira

Por: 06/05/2015

Nesta entrevista, Rodrigo Valente fala sobre sua carreira e conta como se recuperou de uma grande tragédia

O usuário do MaisEV está tendo um excelente ano no poker, com vice-campeonato em evento do TCOOP e liderança na tabela de líderes do PokerStars.

Mas nem sempre foi assim. No ano passado, sua casa sofreu um incêndio e ele e sua família perderam tudo o que tinham. Aqui, ele nos conta sua história no poker e como conseguiu virar o jogo depois deste trágico acontecimento.

 

Como conheceu o poker?

Foi em 2010, num desses sites menores, eu aprendi as regras e comecei a jogar online, mas apenas dinheiro fictício e uns freerolls.

Quando percebeu que dava pra ganhar dinheiro?

Quando comecei a ler alguns livros e frequentar o fórum do MaisEV em busca de conhecimento, dai tive meus primeiros resultados e decidi que poderia tentar ganhar o mesmo que meu antigo trabalho como gerente de restaurante e jogava sempre quando chegava em casa à noite, torneios de até uns $5 no PokerStars, e ao fim de 2011 depois de 4 anos acabei saindo do emprego e comecei 2012 pronto pra me dedicar exclusivamente ao poker.

E como foi o começo a carreira profissional?

Não foi como eu esperava até que depois de uns 3 meses, através de amigos que conheci no fórum fui indicado a fazer meu primeiro coach com o chiconogue, gostei bastante e já tive resultados logo em seguida. Depois surgiu o convite pra uma entrevista no recém-formado time do Diógenes Malaquias (Time da Forra), passei e comecei a ter coach regularmente com andreyluis e seijistar e a jogar poker de forma profissional.

Por que não foi como você esperava?

Por que tinha pouca noção de gerenciamento de bankroll e ainda era muito cru, tinha leaks demais e somente depois dos coachs que começei a ter algum lucro e jogar dentro de um abi que realmente batia o field

O que você aprendeu de mais importante nesse período?

O mais importante foi a criação daquela rotina de grind e estudos como se fosse um trabalho normal, foi a época que comecei a grindar mais telas e perceber que o longo prazo só seria possível através de muito volume e dedicação.

E depois desse primeiro time, o que aconteceu?

o Time terminou de um dia pro outro por problemas de um dos sócios do Diógenes e tive que passar a jogar por conta própria. Quando soube que o 4bet abriu as últimas inscrições pro time High Roller, mandei minha inscrição sem muitas pretensões pois estava indo bem jogando pra mim mesmo. Depois de entrevista e muitas conversas também com outros times, acabei aceitando a do proposta do 4bet e começamos ao fim de 2013.

Como foi essa nova etapa?

Foi uma mudança de estilo de jogo brusca em que tive um pouco de dificuldades no início mas logo me adaptei e passei a evoluir bem mais de acordo com o ritmo dos coachs do 4bet que sempre foram diferenciados e considerados os melhores do Brasil, mas infelizmente pouco depois do Natal perdemos tudo num incêndio na casa em que morava com minha tia e primo e isso me atrapalhou bastante.

 Como se recuperou depois desse incêndio?

Foi bem difícil pois além de perder tudo não sabíamos como seria, onde iriamos morar, ficou um vazio muito grande, foi muito triste. Mas estava vivo apesar do grande susto ao acordar com todo aquele fogo em cima de mim e passei a dar muito mais valor a vida e considero que ali eu praticamente renasci.

Ao mesmo tempo o apoio dos familiares, amigos principalmente aqui no 4bet e toda comunidade do poker foram motivos fortes para retomar o foco e voltar a seguir meu caminho no poker, após uns 4 meses do ocorrido consegui ganhar minha primeira TLB semanal do PokerStars, depois veio meu maior big hit até então no Sunday Rebuy mas não foi um ano muito bom como havia estimado, um pouco em consequência dessa tragédia também.

Já esse ano começou maravilhoso com ótimos resultados principalmente no TCOOP, TLB mensal em janeiro e estou muito motivado pra ter meu melhor ano na carreira

Como esse acontecimento afetou seu jogo?

É muito difícil você lidar com tamanha perda, primeiros meses ainda sonhava muito e acordava durante a noite assustado com o fogo, não conseguia ter concentração suficiente pra trabalhar, perdia o foco sempre, pensar no enorme prejuízo a todos que moravam comigo, minha tia principalmente, era bem complicado separar as coisas, mas no poker aprendi que devemos separar qualquer tipo de emoção ao máximo, boa ou ruim, pra imersão total ali no trabalho e aos poucos fui superando esse trauma. Mas ainda fico bem triste quando lembro do que aconteceu.

Você também joga torneios ao vivo?

Eu tive uma experiência em cada clube do Rio de Janeiro pra conhecer suas estruturas em 2013 mas nunca cheguei a jogar o estadual, consegui a vaga do ranking CBO 2014 e fui pra Las Vegas jogar o WSOP em Junho, foi uma experiência incrível, nunca tinha saído do país e foi um grande sonho que realizei estar no maior evento de Poker do mundo com tudo pago, fim do ano joguei alguns torneios do BSOP Millions em SP e agora meu time acabou de ganhar um ranking interno no 4bet aonde iremos como prêmio jogar o LAPT Peru em julho também com todas as despesas pagas, mas meu foco principal sempre será o poker online.

Você continua jogando no 4bet?

Sim, tenho mais 5 meses até o fim do contrato.

E o que planeja fazer depois?

Tenho um sonho de ter meu próprio time de poker, mas aqui no 4bet nós temos a possibilidade de virar instrutor do 4bet light então aproveitarei ao máximo esse tempo restante pra estudar e trabalhar com muita dedicação pra quem sabe ter essa oportunidade que é meu maior objetivo hoje.

Rodrigo, muito obrigado pela entrevista e parabéns pelos ótimos resultados.

Obrigado. Eu também gostaria de agradecer a todos meus amigos do 4bet pela força e torcida de sempre, a toda diretoria, toda comunidade do poker e MaisEV que me deu muita força e carinho quando mais precisei. Mãe, Pai, namorada e a todos meus familiares que sempre me apoiaram muito desde que comecei principalmente minha vó que me salva com as refeições nos breaks.

Muito obrigado a todos e pra cima deeeeeeeeeles !!!

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Clique aqui e confira os melhores acessórios para jogar poker.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker