Jared Tendler Responde Perguntas de Jogadores Sobre Poker e Psicologia

Por: 18/09/2014

O conhecido autor e instrutor Jared Tendler, é  autor do livro The Mental Game of Poker, onde ensina a melhorar o lado psicológico dos jogadores de poker. Ele também faz treinamentos particulares e entre seus alunos mais conhecidos estão os jogadores Dan Colman, Ben Tollerene, Dusty “leatherass” Schmidt, Lex Veldhuis e o chip leader dos Novembe Nine de 2014, Jorryt van Hoof.

Nesta semana, Jared Tendler aceitou responder perguntas dos usuários da comunidade Reddit, e nós reunimos aqui as melhores respostas, confira!

Veja mais: Entrevista do MaisEV Com Jared Tendler, Autor de “The Mental Game of Poker”

 

Pode comentar sobre a relação entre drogas e poker? Se um aluno seu diz que só joga tomando adderall, bebendo ou fumando maconha enquanto joga, como você acha que isso se relaciona com o tilt?

Eu fiz uma entrevista com Phil Hellmuth em que ele falou que tentou tomar adderall em uma mesa final em 2012 e isso o bagunçou de verdade. Acho que a entrevista foi depois que ele ganhou um bracelete.

A questão das drogas e o poker é complicada. Minha responsabilidade primária quando trabalho com um cliente é ajuda-lo a atingir seus objetivos. No geral, o que descobri com a maioria dos jogadores que ensinei que usavam drogas pra ajudar a jogar é que eles faziam isso para se esconder ou se proteger de fraquezas no seu jogo mental. Por exemplo, pessoas que bebem ou fumam maconha frequentemente tem dificuldades em lidar com ansiedade ou pressão. O adderall é obviamente usado pra aumentar o foco, mas esse problema de foco pode ser causado por problemas motivacionais ou de confiança que o adderall está escondendo.

Qual você acha que é o maior problema mental para novos jogadores de poker? Como isso os afeta e o que você sugere que façam pra superar esses problemas?

Não estou 100% certo porque trabalho mais com jogadores experientes. Eu diria que são principalmente erros na maneira com que aprendem – principalmente porque poucos jogadores sabem como aprender de maneira sistemática. A outra coisa é que novos jogadores vem pro poker com questões mentais e emocionais que estavam presentes em outros aspectos de suas vidas – escola, esportes, trabalho, relacionamentos, etc – então não deveria ser uma surpresa se isso aparecer no poker, mas as pessoas continuam se surpreendendo.

O que fazer quanto a isso: com a aprendizagem, precisam de boa base teórica e eu forneço isso em meus livros, mas no geral, apenas estar mais conscientes de que a aprendizagem precisa ser sistemática – é como progredir nas faixas do karate – vai deixa-los pensando sobre como criar esse sistema. Quanto às questões pessoais afetando o poker, o conhecimento é a chave. Uma vez que conheçam esses problemas, podem usar as soluções existentes (coisas que ajudaram no trabalho, por exemplo), ou se ainda não tiverem uma solução, precisam compreender melhor o problema e começar a procurar uma solução.

the mental game of poker jared tendlerO que impede que seu livro The Mental Game of Poker 2 seja uma repetição do primeiro?

The Mental Game of Poker 2 será todo com material novo. O primeiro livro lidou com grandes problemas emocionais no poker: tilt, medo, motivação e confiança. O segundo livro dará conselhos de como jogar consistentemente o seu melhor, a aprender mais eficientemente, a aumentar o foco, aumentar a qualidade de tomada de decisões e melhorar a resistência mental.

Em outras palavras, o livro 1 é sobre limpar o lixo do seu jogo mental, e uma vez que isso não seja mais um problema, o livro 2 ajuda a ver quão bom jogador de poker você pode ser.

Qual é o problema mais comum que jogadores de poker enfrentam, e como superar?

Essa é uma pergunta simples que precisaria de um livro inteiro pra responder… O que posso dizer é que tilt é o problema mais comum, e na verdade você não quer superar, quer resolver. Resolver significa que o tilt desaparece. Superar o tilt significa algo que no curto prazo permite que você bloqueie o tilt. Isso é importante, mas no longo prazo você quer resolver o problema para que desapareça pra sempre. Jogar poker de alto nível é difícil e idealmente você tem que focar principalmente em jogar muito bem, sem ter que controlar o tilt. Uma vez que o tilt estiver resolvido você não precisa gastar valiosa energia mental controlando.

Tem algum conceito no seu livro que seja mal interpretado ou mal aplicado, que você descobriu via feedback?

Ótima pergunta. Eu acho que o maior é que as pessoas subestimam o valor da Resolução. Resolver um problema no jogo mental é a chave, mas acho que os jogadores focam principalmente em Injetar Lógica. Não estão errados, porque conter um problema é o caminho mais rápido pra fazer progresso. Eu só acho que os jogadores esquecem-se de voltar e realmente trabalhar a longo prazo na estratégia de resolução.

O que acha dos jogadores que falam muito no poker, e como eles influenciam outros jogadores?

Geralmente esses jogadores vão colocar pressão nos outros. Pressão expõe a fraqueza. Quanto melhor você entender suas fraquezas e as corrigir, menos esses jogadores vão te afetar.

Você concorda que os jogadores poderiam lidar melhor com bad beats e estariam menos vulneráveis ao tilt se jogassem em stakes onde podem aguentar os swings?

Alguns jogadores se beneficiariam – e provavelmente aqueles que o tilt está relacionado com a quantia de dinheiro que está em jogo. Mas eu tive clientes que tiltavam mais em stakes menores por que seus adversários jogavam muito mal comparados a eles.

Eu tilto quando erro. Tento me dizer que não tenho como ser perfeito, mas não funciona muito bem. O que posso fazer pra corrigir isso?

Você um desejo profundo de que ser perfeito? Logicamente você pode saber que isso não é possível, mas lá no fundo, no nível emocional, você desejaria ser? Se sim, não fico surpreso, é algo comum. Para começar a corrigir isso, temos que investigar as origens. Para algumas pessoas, acontece por causa da expectativa de professores, pais e instrutores. Outras pessoas já esperam isso de si mesmas porque veem seu potencial. Outros eram espertos/inteligentes quando cresciam e eram geralmente “perfeitos” (comparados a outros) e nunca foram realmente desafiados até ser tarde demais. Identifique de onde vem esse desejo e depois descubra como corrigir.

Qual é sua opinião sobre stop-loss e stop win?

Stop-loss são essenciais pra te proteger, mas podem ser um band-aid se não usados corretamente. Um stop-win é um band-aid e eu prefiro que os jogadores tenham consciência de quando seu jogo piorou e façam disso uma razão para sair de um jogo lucrativo, e não sair porque têm medo de perder o que ganharam, ou porque vão tiltar se não saírem da sessão no pico do lucro.

Qual é seu conselho pra alguém que costumava ser um jogador bem sólido antes da Black Friday e quer recomeçar a jogar sério mas ficou muito tempo longe das mesas?

Espere estar enferrujado. Abrace essa realidade e não lute contra. Faça muitas anotações quando voltar para o jogo para te ajudar a lembrar o que você esqueceu. Jogue stakes baixos para ajudar sua a reativar sua memória sem perder muito enquanto você trabalha para reconstruir seu jogo. Você também pode tentar relembrar o que você fazia quando estava no seu melhor e passar um tempo pensando/escrevendo para tentar recapturar isso. Vai dar trabalho, mas acho que isso pode ajudar o processo então não será tanto.

Qual é a principal coisa que você constantemente tem que ensinar a seus alunos?

Como reconhecer progresso no jogo mental deles. É muito difícil de ver e frequentemente os jogadores assumem que não progrediram, quando na verdade houve progresso.

A resistência mental aumenta com o tempo?

Assim como a resistência física, se você exercita seu “músculo mental” você pode aumentá-la. O problema é que muitos jogadores superestimam seu verdadeiro ponto inicial e se esforçam demais mentalmente e confundem sua habilidade de realmente criar músculo mental duradouro com a melhorara temporária vinda da inspiração.

Quanto impacto você acha que uma dieta saudável tem pra estabelecer uma saúde mental estável?

Menos de 10%. É importante, mas acho que é secundário em relação a corrigir erros e problemas no seu jogo mental.

Por que é que uma perda mais intensa do que uma vitória? Se eu tomo um bad beat, me sinto muito mal, mas quando vence um torneio ou ganho bem no cash game a sensação boa não é tão intensa quanto a da perda.

Expectativa. Esperar vencer estraga seu equilíbrio emocional. O problema é que suas expectativas são muito altas. Há muitos fatores que influenciam em vencer ou jogar bem que você não se dá credito. Você só espera fazer essas coisas e não há nada para se sentir bem sobre isso. Se você quer mudar, precisa diminuir suas expectativas de si mesmo ao mudar seus objetivos para que você possa apreciar seus resultados, progresso e o esforço que fez para atingir esse progresso. E precisa fazer isso regularmente porque essa mudança não será imediata.

 

Você pode comprar o livro The Mental Game of Poker, de Jared Tendler, na Loja MaisEV!

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker