Entrevista com Lucas Koscky, Instrutor do Time MaisEV

Por: 13/01/2014

Nesta entrevista, conversamos com Lucas Koscky, que além de jogador profissional de torneios é o principal instrutor do Time MaisEV.

Aqui, ele fala sobre sua carreira no poker, o Time MaisEV, e dá alguns conselhos para jogadores iniciantes e que querem ser profissionais.

 

Como conheceu o poker?

Conheci através do meu primo, o Jorge Breda. Ele foi meu coach, desde o início… Eu não sabia absolutamente nada!

Desde novo eu era muito apegado a mercado de ações. Com 16 anos eu vivia disso, praticamente. Dava palestras, operava diariamente, estudava muito. Mas infelizmente 3 anos depois, talvez um pouco pela imaturidade da idade, eu tomei algumas decisões erradas e as coisas não deram certo, então voltei a estaca zero. Engatei em uma faculdade, e comecei a vender brigadeiro na sala de aula pra ganhar meu dinheiro.

Eu via meu primo já com resultados legais, levando o poker a sério, e por isso me interessei. Nós conversávamos muito sobre bolsa x poker e ele se disponibilizou completamente a me ajudar no game, e então nós fazíamos review pelo skype, etc…E aí a coisa só evoluiu.

Depois, também através do meu primo, eu conheci o Felipe Satori, que também me ajudou muito a evoluir como jogador e como pessoa. Eles me ajudam até hoje!

Você sempre jogou torneios?

Não, comecei com SNG turbo

Quais limites joga hoje?

$5.50 até $250

E como é sua rotina?

É bem corrida, porque além de ajudar a administrar e dar coach para o time, eu ainda estou fazendo minha faculdade, e pretendo termina-la.  Então não sobre muito tempo pro grind. Mas estamos lá sempre que dá.

O que estuda? Pretende terminar e seguir a profissão ou vai ficar só com o poker?

Estudo medicina veterinária. A prioridade é terminar, e eu pretendo abrir algum negócio na área. Mas vou continuar envolvido com o poker, sem dúvidas.

Como você se organiza pra fazer isso tudo?

Confesso que ainda não consegui administrar minha rotina de forma adequada. Depois que comecei a levar o poker a sério, não consegui levar a faculdade como gostaria. Mas sei que há maneira de conseguir levar tudo de uma maneira saudável e produtiva, então minha principal meta para 2014 é exatamente acertar isso tudo.

Como é seu trabalho com o Time MaisEV?

Eu sou responsável por dar os coachs e também ajudo um pouco na parte adm. Eu gosto muito, e é muito satisfatório poder repassar conhecimento, ver os membros do time melhorarem no jogo, ter resultados. E eu aprendi muito também! Evolui bastante depois que o projeto começou.

Como você vê a evolução dos jogadores do time? Já descobriu algum talento?

Uma evolução monstruosa. E o mais gratificante é ver que os membros que estão desde a primeira seleção, praticamente 1 ano atrás, estão up e com um jogo bem melhor e resultados que comprovam isso. E muitos que chegaram há menos tempo também. E isso não só mostra a qualidade do projeto em si, mas também a importância de ter paciência e entender de que a evolução saudável no poker exige tempo e comprometimento.

Com relação ao talento, o que eu digo sempre é para eles nunca abandonarem nada pelo poker. Não largar faculdade, trabalho, oportunidades… Isso é a prioridade. Mas sempre estando aberto para as escolhas. Todos tem capacidade, levando a sério como eles tem levado, de chegar a um ponto de poder se profissionalizar no poker. Mas quando chegar lá, terão um conforto bem maior para decidir isso, tendo ótimas opções, porque terão uma boa vida profissional e serão jogadores mais sólidos e experientes.

Falando em algo que você sempre diz, qual lição dá a todos os integrantes do time?

A principal dica q eu sempre passo é manter o pé no chão. Independente de qualquer coisa, não deixar se levar pelo momento. Pensar sempre com a maior racionalidade possível. E isso serve pra tudo na vida.

Com relação a parte do game em si, eu sempre digo para eles pensarem com calma e profundidade sobre todos os spots que estão jogando. Isso faz muita diferença inclusive comigo, quando rola um acompanhamento real de um grind. Eu sempre jogo melhor quando tenho que passar os motivos das jogadas, porque quando você cria o hábito de pensar com o máximo de empenho toda mão, chega no seu limite como jogador. Esse é o A game.

E qual erro mais comum que você vê nos jogadores?

Desatenção, principalmente. Aos stacks, as sizes, etc.

Como é o processo de seleção para o time? O que é preciso para entrar?

Nós temos um período de seleção, e informamos no Fórum, site do MaisEV e fanpage do time. E aí as pessoas que se interessarem, preenchem um formulário e respondem algumas perguntas que criamos. Baseado nas respostas, resultados do candidato, o selecionamos para uma entrevista online.

Para entrar é interessante ter um tempo livre razoável para se dedicar ao time. Nós não procuramos nenhum jogador super vencedor. O importante é ter interesse em aprender, e ser determinado para isso.

Qual seria conselho para jogadores iniciantes e para quem deseja ser profissional?

Para os jogadores iniciantes o importante é estar focado em aprender, e não em lucrar. Jogar, aplicar conhecimentos novos, ganhar experiência, discutir mãos (e ter humildade pra isso), ter pé no chão. Lucro é consequência. Então não se deve estar muito preocupado se os resultados vêm ou não. A prioridade é melhorar no jogo. Enfim, paciência, muuuita paciência.

Para quem deseja ser profissional, acho importante estudar muito essa possibilidade. Porque não é fácil, é necessário ter estrutura em todos os sentidos. Uma coisa é jogar sem realmente precisar do lucro, outra é jogar precisando. Essa pressão não é fácil de lidar, e com certeza essas coisas influenciam no jogo. Então meu conselho é se preparar muito para ser profissional. E não desanimar, motivação é fundamental! E estar aberto para sempre estar aprendendo.

Para encerrar, mande um recado pra quem deseja entrar no Time MaisEV.

Quem tiver interesse de ingressar no projeto, faça a inscrição quando abrirmos as seleções! Estudaremos todos os candidatos com muita calma. Todos sem chance de entrar e ter sucesso aqui no time. E sempre é um prazer receber membros novos e trabalhar para formarmos bons jogadores!

 

O que está procurando? Baralhos, livros, softwares, camisetas? A Loja MaisEV tem tudo isso e mais, confira!

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker