Daniel Negreanu é o Jogador do Ano da WSOP pela terceira vez

Por: 04/11/2019

Tri de Daniel Negreanu foi confirmado com queda de Shaun Deeb no Colossus.

daniel negreanu 450Há poucos instantes Daniel Negreanu conquistou o título de Jogador do Ano da WSOP. Esta é a terceira conquista do canadense, que já havia faturado o título em 2004 e 2013.

A confirmação do tri ocorreu com a eliminação de Shaun Deeb na reta final do Colossus, último evento da grade da WSOP Europa. Ao chegar ao dia decisivo com o terceiro maior stack entre os 11 remanescentes, Deeb precisava garantir o quinto lugar para ultrapassar Negreanu no Ranking. Entretanto, tudo deu errado para o americano, que dobrou um dos oponentes no início e perdeu uma sequência de mãos até ser eliminado na 11ª posição. A queda de Deeb tão cedo ainda o deixou em terceiro lugar na tabela, atrás do australiano Robert Campbell, e Negreanu segue como único jogador a conquistar o título de Jogador do Ano mais de uma vez.

“Embora não haja prêmio em dinheiro para o título de Jogador do Ano da WSOP, o poker é a minha paixão. O título é a conquista e o reconhecimento de muito trabalho árduo, de longos e cansativos dias contra a melhor concorrência”, disse o Kid Poker em meio a vários gifs de celebração no Twitter.

 

Já Shaun Deeb se mostrou decepcionado com o resultado da disputa. “Um pouco aborrecido em ter que pensar em fazer algum comentário. Tenho certeza que muitas pessoas querem me xingar, mas ninguém vai ser capaz de me fazer sentir pior do que eu já me sinto. Mas você está convidado a tentar.”

No momento da publicação desta matéria, a disputa no Colossus segue com seis jogadores na briga pelo título.

classificação final jogador do ano wsop 2019

Classificação final do Ranking de Jogador do Ano da WSOP 2019.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker