Vinte dois anos depois o irlandês Eoghan O´Dea repete o feito do pai e ganha um bracelete da WSOP

Por: 06/08/2020

O brasileiro Lorenzo “EhUsGuri” Bazei, apesar de começar a mesa final como lider em fichas acabou ficando somente com a oitava colocação

Eoghan "DrRoche" O'Dea

Em 1998 o jogador  de poker irlandês Donnacha O’Dea conquistou seu bracelete da WSOP. Vinte dois anos depois seu filho, Eoghan “DrRoche” O’Dea, repete seu feito ao vencer o Evento #51: $400 Pot Limit Omaha da série mundial.

O título veio com direito a uma atuação de gala do jogador na mesa final. O’Dea começou com terceiro menor stack, mas conseguiu uma importante dobra logo no início, isso permitiu ao campeão expor seu jogo e derrubar o canadense Nital “4TheAnimals” Jethalal no heads-up.

O torneio atraiu 2.005 entradas que geraram uma premiação total US$ 753.880, dos quais US$ 100.945 foram para as mãos do irlandês. Além do prêmio em dinheiro ele ainda recebeu um pacote pacote WSOP Europe

O Brasil foi representado entre os finalistas pelo gaúcho Lorenzo “EhUsGuri” Bazei, que começou a decisão como líder em fichas, mas depois de se envolver em algumas mãos ruins acabou caindo na oitava posição, faturando US$ 11.972.

Resultado final:

# Jogador País Prêmio
1 Eoghan “DrRoche” O’Dea Irlanda US$ 100.945 
2 Nital “4TheAnimals” Jethalal Canadá US$ 81.963
3 Robert “Bobzothejock” Le Roux África do Sul US$ 59.480
4 Benjamin “Wapbap” Voreland Noruega US$ 43.165
5 Jarred “Solosalt” Salomão África do Sul US$ 31.325
6 Chi Chung “chipuker” Ho Hong Kong US$ 22.732
7 Ruslan “zverrmvp” Nazarenko Ucrânia US$ 16.497
8 Lorenzo “EhUsGuri” Bazei Brasil US$ 11.972
9 Juncadella, Daniel “BoooooBie” Espanha US$ 8.688

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker, indicamos a DM Créditos

Alex Resende

Alex Resende

Envolvido com tecnologia desde muito jovem, encontrei nas ciências biológicas minha verdadeira vocação. Aprecio no poker a atmosfera e toda a gama de variáveis que uma pessoa tem que lidar a cada jogada.

Veja mais:

Salas de Poker