Thiago Crema, Akkari e Luiz Duarte Passam ao Dia 2 do Evento #58 da WSOP

Por: 29/06/2018

Crema e Akkari tem stacks abaixo da média e Evento #58 tem vários nomes fortes classificados, confira.

thiago crema 450Apenas 203 jogadores dos 595 inscritos avançaram ao dia 2 do Evento #58 (US$ 5.000, NLH 6-Max) da WSOP, entre eles os craques brasileiros Luiz Duarte, Thiago Crema (foto) e André Akkari.

Luiz foi quem ensacou o maior stack entre os brasucas, com 53.500 fichas, seguido de perto por Thiago, com 46.500 fichas. Já Akkari inscreveu-se no torneio logo  após ser eliminado na reta final do do Evento #56 (com buy-in de US$ 10.000 disputado na modalidade Razz), e terminou o dia com 38.100 fichas. Ambos encontram-se abaixo da média do evento, que é de 72.660.

A liderança é do americano Thomas Canulli, que ensacou 286.000 fichas, e o top 10 conta com o argentino Ivan Luca, em quarto (159.400), e o craque Robert Mizrachi, em sétimo (140.700).

Vários bons jogadores contam um grande castelo de fichas, entre eles o alemão Martin Finger (121.000), Liv Boeree (114.800), Andrew Lichtenberger (108.400), Michael Gathy (104.000), Jake Schindler (82.600) e o embaixador do 888poker Parker Talbot (80.200).

Já abaixo da média avançaram Ryan Riess (69.900), Olivier Busquet (67.900), Sergio Aido (47.600), Adrian Mateos (44.200), Stephen Chidwick (37.000) e Dominik Nitsche (28.000).

O dia 2 reinicia às 18 horas (de Brasília), com os blinds em 600/1.200 ante 200. O prizepool ainda não foi definido, já que as entradas são permitidas até o shuffle up and deal do dia.

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

VEJA OS MELHORES ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER AO VIVO.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker