“Malandragem” de Sam Soverel Gera Polêmica na WSOP, Entenda

Por: 04/06/2019

Sam Soverel foldou mão antes de ação de Ben Heath e acabou beneficiado pela situação. Saiba o que aconteceu.

sam soverel polemica wsop 450A WSOP é palco da disputa de milhares de mãos todos os anos e, com jogadores de diversas habilidades e costumes em torneios ao vivo, é comum haver erros, seja de jogadores mais inexperientes, dealers, ou até de jogadores mais consagrados. O que não se esperava, porém, era um erro em uma mesa final de um dos torneios mais caros da série, que contou apenas com jogadores tarimbados.

A inusitada situação ocorreu na mesa final do Evento #5, High Roller, com buy-in de US$ 50.000. No 4-handed, com blinds, 100.000/200.000 big blind ante 200.000, Sam Soverel, no cut-off, anunciou raise de 400.000 fichas, com J9. O russo Dmitry Yurasov, logo à esquerda, shovou seu stack de quase 5 milhões de fichas, com AT e, após o fold de Andrew Lichtenberger, a ação chegou a Ben Heath, no big blind. Com AQ e um stack de quase o dobro dos dois adversários ainda na mão, Ben conjecturou o call contra, talvez, dois oponentes em all-in, e jogou uma ficha de time bank ao centro. Pensando se tratar de um all-in do britânico, Sam foldou instantaneamente a sua mão, o que facilitou a tomada de decisão de Ben, que pagou o all-in de Yurasov e eliminou o jogador em quarto lugar.

A atitude de Soverel gerou a revolta de vários craques nas redes sociais, dado o caro buy-in do evento e a grande diferença de premiação entre as posições finais, com o quarto colocado embolsando US$ 458.138, o terceiro US$ 640.924, o vice US$ 917.232 e o campeão tendo reservado o prêmio de US$ 1,484.085.

Isaac Haxton foi um dos mais agressivos sobre a atitude de Sam, chegando a pedir a eliminação do jogador. “Se isto foi relatado com precisão, qualquer coisa menos que a desclassificação e prêmio do quarto lugar para o Sam é insuficiente. Você, absolutamente, não pode deixar que as pessoas se safem com merdas como esta na mesa final de um $50K”.

A declaração de Ike foi ecoada por Justin Bonomo, que afirmou que a atitude de Sam não é incomum. “Podes decidir o que achas da mão de Sam, mas saiba que ele tem um histórico de fazer esse tipo de merda. Ele simplesmente pega e vira a mão de um oponente que deu muck e depois dá risada. Já vi ele fazer isso mais de cinco vezes”.

Quando questionado sobre a ação após ser eliminado na terceira posição, Sam se defendeu. “Me pediram para contar minhas fichas e, após a contagem, vi ele jogar algo ao centro da mesa e dei um rápido fold. É um spot nojento para se fazer isso, porque incentiva um call e funciona a meu favor. Acho que eu deveria ter sido penalizado, mas não foi intencional”.

E você, o que acha da ação de Sam e postura da direção da WSOP, que decidiu seguir com o torneio? O histórico de um jogador deveria influenciar na tomada de decisão dos organizadores?

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

CONHEÇA OS MELHORES ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER AO VIVO.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker