Rodrigo Garrido e Mais Seis Brasileiros Avançam ao Dia 3 do Main Event

Por: 12/07/2017

Rodrigo Garrido avançou com cerca de 110 big blinds.

Rodrigo GarridoO dia 2A/B do Main Event da WSOP contou com a presença de mais de 2 mil jogadores, entre eles 17 brasileiros, e dos 1.100 que avançaram ao dia 3 estão sete brasileiros.

Rodrigo Garrido tem o maior stack entre os brasucas, com 226.400 fichas. Ele terá a companhia do embaixador do PartyPoker João Simão (175.700), de Vivian Saliba (172.800), do instrutor do Sensei Poker Bernardo Dias (109.900), de Marcelo Drumm (90.400), Caio Hey (64.800) e Adalberto Elias (52.400) na próxima quinta-feira.

A liderança ficou com o britânico Lawrence Bayley, que ensacou 618.000 fichas, e o americano Mickey Craft foi o outro único jogador a passar da marca de 600 mil fichas, com um stack de 608.000.

Entre os nomes mais conhecidos, Marvin Rettenmaier (359.100), o campeão do Main Event High do SCOOP deste ano Charlie Carrel (343.000), Connor Drinan (315.000), Doug Polk (287.500), Juha Helppi (280.700), Niall Farrel (230.000), Mike Matusow (228.200), Fabrice Soulier (210.000), Max Pescatori (207.600), Scott Seiver (195.600), Anatoly Filatov (169.000), Timothy Adams (145.700), Daniel Colman (142.500), Joseph Hachem (134.700), Barry Greenstein (133.200) e Jonathan Duhamel (125.000), avançaram com bons stacks.

O dia 3 será jogado na próxima quinta feira, com os blinds retornando em 1.000/2.000 ante 200. Já nesta quarta, a partir das 15 horas (horário de Brasília), acontece o dia 2C, com cobertura direto do Rio Casino do MaisEV.

CONFIRA QUEM SÃO OS BRASILEIROS NO PANO NO DIA 2C DO MAIN EVENT

 

Curta a página do MaisEV no Facebook siga-nos no Twitter

 

AQUI VOCÊ ENCONTRA OS MELHORES ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker