Rick Salomon cobra dívida de poker de US$ 2,8 milhões de sheik árabe, que usa “malandragem” para não pagar

Por: 03/12/2019

Processo de Rick Salomon abre debate interessante sobre poker ser tratado como exercício físico.

rick salomon 450É sempre interessante saber algo dos caros cash games privados que acontecem ao redor do mundo mas, a não ser que algo dê errado ou que algum desavisado abra a boca sobre os discretos frequentadores, dificilmente se tem alguma informação sobre os jogos. Pois uma dívida permitiu darmos uma pequena espiada no buraco da fechadura dos high stakes.

Rick Salomon (ex de Pâmela Anderson, autor do vídeo pornô com Paris Hilton, ator, produtor e jogador de poker), entrou com um processo na corte francesa revindicando o pagamento de US$ 2,8 milhões do sheik árabe Raad al-Khereiji, 59. De acordo com documentos, o caro jogo de No-Limit-Texas Hold’em ocorreu em 2014 no Tiara Miramar Beach Hotel, na Riviera Francesa, e o sheik disse que um advogado de Los Angeles entraria em contato com Rick para fazer a transferência do valor. Entretanto, sete meses após a partida, o representante do sheik disse a Rick que não realizaria o pagamento pois seu cliente entendia que o jogo havia “sido de brincadeira, por diversão”.

Um julgamento realizado na semana passado resultou com o sheik obtendo vitória parcial no caso com o seu advogando utilizando uma brecha na lei francesa. Uma lei datada de 1804 limita o tipo de dívidas de jogo executáveis pelos tribunais da França apenas às apostas que “envolvam armas, corrida, corrida de cavalos, corrida de carruagens, tênis e outros jogos do gênero que, obrigatoriamente, envolvam habilidade e exercício físico”.

Ronald Sokol, representante legal de Rick, não teve dificuldades para provar que o poker é um jogo de habilidade, e levou vários jogadores ao tribunal para testemunharem sobre o débito. Porém, Paul-Albert Iweins, advogado do sheik, centrou a defesa do seu cliente na parte da lei que obriga a realização de exercício físico e, mesmo Ronald argumentando que a partida durou 48 horas, o que denota um grande consumo de energia e preparo físico e mental, o tribunal da terra de Voltaire deu ganho de causa ao sheik.

Apesar da derrota, Ronald comemorou duas pequenas vitórias. Rick não teve que pagar as custas com a equipe jurídica do árabe e a corte autorizou a utilização de registos de jogo obtidos em Las Vegas, que demonstravam que o sheik era um ávido jogador, tendo perdido US$ 34 milhões em apenas 29 meses na Ivey’s Room, sala de jogos high stakes do Aria Casino.

Com isso, eles irão recorrer da decisão e podem levar o caso até o Supremo Tribunal: “Estamos a considerar levar isto até ao Supremo Tribunal de Justiça francês, uma vez que a regra francesa sobre dívidas de jogo está em vigor desde 1804.  Não há jurisprudência, desde então, nos tribunais civis”, finalizou Ronald.

E você acha que a lei francesa precisa ser revista?

tiara miramar beach hotel

O paradisíaco Tiara Miramar Beach Hotel Et Spa, na Cotê d’Azur, lugar do caro jogo entre Rick Salomon e o sheik.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker