Perto do Bracelete: Murilo Figueredo Faz Heads-Up do Evento #14 Hoje

Por: 08/06/2019

Murilo Figueredo tem stack parelho a americano que já perdeu três heads-up na WSOP. Saiba mais sobre o duelo.

Murilo FigueiredoO Brasil está muito perto de mais um bracelete da WSOP. Se André Akkari foi eliminado na 26ª posição (US$ 4.997), Murilo Figueredo segue como a esperança brasileira e está no duelo decisivo do Evento #11 ($1.500, HORSE).

Com 3.425.000 fichas, Murilo tem uma leve desvantagem para o americano Jason Stockfish, dono de 4.095.000 fichas.

Mesmo começando o duelo com um stack quatro vezes menor que o do adversário, Murilo conseguiu extrair fichas do oponente e chegou até a ficar com o mesmo stack de Jason. Porém, depois de um duelo de mais de duas horas, os jogadores decidiram pausar a decisão e continuar apenas nesse sábado.

QUEM É O ADVERSÁRIO

Também na briga pelo seu primeiro bracelete, o jovem americano de Cleveland largou uma carreira na indústria do jason stockfish 2petróleo para se dedicar exclusivamente ao poker, e já chegou próximo da joia em três situações, onde caiu justamente no heads-up. Em duas ocasiões o vice se deu em jogos mistos, e em uma delas ele liderava com grande vantagem aa mão até o river, mas viu o craque Paul Volpe conseguir um dos poucos outs que precisava para fazer um segundo par maior e conquistar o bracelete.

Com US$ 375 mil em prêmios, Jason foi o 29º colocado no mesmo evento no ano passado.

A disputa começa às 16 horas (de Brasília), com 30 minutos remanescentes no nível 31, que tem limites de 100.000/200.000.

A vitória vale a glória, o bracelete e US$ 207.003. Já o vice terá que se “contentar” com um prêmio de US$ 127.932.

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

CONHEÇA O BARALHO DE QUATRO CORES MAISEV PARA JOGOS AO VIVO.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker