Patrick Leonard afirma que poker online pode morrer na quarentena

Por: 18/05/2020

Patrick Leonard acredita que as salas de poker devem mover o foco da quantidade para a qualidade

Patrick Leonard

O britânico Patrick Leonard é um dos maiores expoentes da atualidade no poker online, visitando mais de uma vez o topo do ranking mundial.

Além disso, o profissional também faz parte do time de embaixadores do partypoker e é dono de quase US$ 10 milhões de ganhos nos feltros virtuais.

Assim, ele aproveitou sua visibilidade para comentar sobre os efeitos que as grandes séries de torneios acontecendo neste período de quarentena da covid-19 podem ter no poker online.

Leonard postou uma série de tweets nos quais afirma ter 95% de certeza de que o poker online está às portas de passar por uma das suas piores crises da sua história.

“Tenho observado o poker online bem de perto nos últimos dois meses, tendo um estábulo que investiu dezenas de milhões nesse período, um cargo em um dos maiores sites e jogado high stakes basicamente todos os dias. Estou 95% certo de que uma grande crise financeira virá para acabar conosco.”

Você pode estar se perguntando como um momento em que todos os grande eventos online estão sendo estendidos e as premiações garantidas batem recordes sucessivos pode se tornar a maior catástrofe de todos os tempos para o mercado de poker. Veja o que diz Patrick Leonard:

“Esta ‘oportunidade’ cobiçada nos deu a chance de um pequeno boom do poker online, mas acho que estamos caminhando para uma catástrofe de longo prazo. Torneios anteriormente populares, que inicialmente cresceram rapidamente, agora registram overlay. Um exemplo é $530 Marathon do PokerStars, um torneio realmente divertido. Foi jogado por mais de 200 jogadores em fevereiro (210 quando eu ganhei na primeira semana :)) Você acha que ele cresceu durante a quarentena? Mais de 40 inscrições estavam faltando para o garantido de US$ 100.000 ontem, apesar de 30 jogadores se registrarem no último minuto. Muito rápido …

Os estábulos com menor ROI cairão nesse momento, a variância é muito grande e os fields são muito mais difíceis quando você tem reentradas ilimitadas. Consultei o partypoker e sugeri que eliminássemos o maior número possível de jogos e nos concentrássemos na qualidade. Durante a última semana, as pessoas me escreveram dizendo que gostariam de mais torneios neste momento. Mas não é sustentável. Os sites que atualmente têm overlays têm duas opções:

1) Reduzir e concentrar-se na qualidade.

2) Seguir o sistema da GGPoker e ter um número ilimitado de reentradas até 10 BB.

Eu acho que eles vão optar pelo número 2 e isso vai nos matar.

Anteriormente, um jogador jogava um torneio na Sala X, desistia, registrava um torneio na Sala Y, abandonava e registrava um torneio na Sala Z. Agora, ele permanece nas premiações artificiais e não registra outros torneios. Isso significa overlay e reações dos sites.

A fala do jogador encontrou eco em Rob Yong, proprietário do cassino inglês Dust Till Dawn e parceiro do partypoker: 

“Acabei de ler a fala de Patrick Leonard sobre re-entradas e late register até 5-10BBs. Vamos lá PokerStars, GGPoker, 888poker, ACR, vamos fazer a coisa certa.

1. Máximo de 1 reentrada em qualquer MTT

2. Late register de não menos que 20BBs

3. Sem rake em reentradas.

Onde o partypoker assina?”

Para Patrick Leonard é momento da industria se unir, e para isso ele propõe um “sindicato” com os embaixadores das salas que, na sua opinião, estão lá para representar os jogadores e não seus contratantes, e que façam pressão nas salas de poker.

Eu não acho que os cassinos reagirão como o partypoker, se concentrarão na qualidade, limitarão as reentradas (Rob Yong até quer freezouts, mas estou pressionando por uma reentrada) e descartarão um torneio como o $ 1k Masters (popular semanalmente) que começa ao mesmo tempo que o Main Event do WPT , ou o Torneio Turbo a partir das nove da noite, que acontece ao mesmo tempo que o WPT Turbo. A curto prazo, é uma decisão ruim (o cassino perde muito rake), mas é a coisa certa para a economia de longo prazo e para outros cassinos.

Se o partypoker quisesse, ele poderia usar re-entradas ilimitadas em todos os torneios, deixar cada torneio na agenda, executar uma série de US$ 300 milhões, ganhar um rake sem fim e não se preocupar. Isso destruiria outros salas, e tudo entraria em colapso.

Party / Stars são grandes empresas que rejeitam esse tipo de ataque a curto prazo. Especialmente agora que não há esportes, etc., isso é uma grande coisa. Mas se Marathon, Super Tuesday, Sunday Grind, etc. ainda tiver overlays, acho que não podemos esperar que as salas continuem perdendo dinheiro neles.

Eles terão que reagir e eu não acho que seja um bom caminho. Eu acho que os sites verão quanto dinheiro a GG ganha com re-entradas ilimitadas. Membros do conselho e acionistas buscarão a reentrada ilimitada. E então, meninos e meninas, o poker online acaba. 

E você o que pensa sobre a fala do jogador?

 

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker, indicamos a DM Créditos.

Alex Resende

Alex Resende

Envolvido com tecnologia desde muito jovem, encontrei nas ciências biológicas minha verdadeira vocação. Aprecio no poker a atmosfera e toda a gama de variáveis que uma pessoa tem que lidar a cada jogada.

Veja mais:

Salas de Poker