Mimimi? Leon Tsoukernik Processa Aria e Jogador Após Perder Milhões “Jogando Bêbado e Cansado”

Por: 13/11/2017

Leon Tsoukernik entrou com contra ação após ser processado por não pagar US$ 2 milhões a jogador, entenda.

leon tsoukernik 450Se a moda pega o sistema judiciário de vários países ao redor do mundo terá que contratar juízes a toque de caixa para dar conta.

O mais novo mimimi da esfera jurídica envolve Leon Toukernik, jogador e dono do King’s Casino, em Rozvadov, sede da WSOP Europa deste ano, o jogador  Matt Kirk e o Aria Casino & Resort, em Las Vegas.

Na semana passada Leon entrou com um processo contra Matt Kirk e o Aria no valor de US$ 10 milhões alegando ter sido induzido a participar de uma partida de poker na qual perdeu milhões de dólares, e acusa o cassino de ter sido complacente com a situação, encorajando seu fraco julgamento ao estar cansado e tendo recebido enorme quantidade de álcool pelo staff do Aria. O valor seria uma indenização por conta de prejuízos ligados a sua  imagem.

A ação é uma resposta a outra ação, imposta por Matt Kirk, buscando o pagamento de US$ 2 milhões referentes a um empréstimo realizado durante uma cara partida de heads-up no Aria. De acordo com a ação, Matt emprestou US$ 3 milhões para Leon seguir no jogo, e recebeu a promessa de que qualquer dívida seria paga ao final da partida. Após Leon pagar apenas US$ 1 milhão dos US$ 3 milhões emprestados e somente após uma semana do jogo, ele decidiu optar por abrir uma ação contra o dono do King’s Casino. Uma juíza de Nevada, embora tenha afirmado que não cabe à corte a decisão do pagamento de dívidas contraídas entre jogadores, optou por dar prosseguimento ao caso em uma audiência no mês passado.

A contra ação de Leon chamou a atenção da comunidade, que defendeu Matt e considerou a tentativa ridícula:

“Costumava beber todas e torrar todo meu bankroll no Bellagio. Nunca passou pela minha cabeça chegar lá no dia seguinte e dizer ‘hey, pessoal, eu estava bêbado ontem a noite e quero meu dinheiro de volta’. É uma desculpa vergonhosa e que não deve ser recompensada”, disse Daniel Negreanu.

O magnata Bill Perkins, frequentador assíduo de jogos caros, também deu a sua opinião:

“Perdi incontáveis somas de dinheiro jogando cansado…Dói mas paguei tudo, mesmo quando não estava cansado”.

Já Doyle Brunson se colocou  disposição de Matt como testemunha:


 

“Isso é tão estúpido. Todo mundo que conhece Matt sabe que ele vai apostar até o seu último dólar se ele se encontrar numa boa corrida de cartas. Se precisar de uma testemunha, Matt, me ligue”.

Logo após a divulgação da ação de Leon, um outro jogador revelou também ter um crédito de E2 milhões contra o empresário checo, conforme disse Daniel Negreanu:

“A desculpa de que “eu estava muito bêbado” é pura bobagem. Esta é a segunda vez que ele tem dívida com algum jogador. Não pagou Elton Tsang e nem deu a desculpa de estar bêbado. É pura bobagem. Se você não quer tomar decisões ruins bêbado, então não beba. Ponto.”

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

VEJA AQUI OS MELHORES LIVROS PARA HEADS-UP.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker