Em Heads-Up do Ano, Justin Bonomo Vence Fedor Holz e é Campeão do Big One For One Drop da WSOP

Por: 18/07/2018

Justin Bonomo venceu Fedor Holz em duelo épico e chegou ao posto de maior da história.

justin bonomo big one for one drop 450O Big One For One Drop, torneio com buy-in de US$ 1 milhão e que encerrou a WSOP de 2018, não poderia fechar a série de forma mais apropriada, ao colocar Justin Bonomo e Fedor Holz em uma disputa cheia de simbologia.

Com US$ 16 milhões acumulados durante 2016, Fedor Holz possuía o título de maior soma conquistada em torneios ao vivo em apenas um ano. Já Justin contava com US$ 14,9 milhões embolsados em 2018, e precisava apenas escapar da bolha do sexto lugar para pulverizar o recorde do alemão. Mas quis o destino que os dois se enfrentassem no heads-up do torneio, colocando assim, cara-a-cara, dois dos maiores nomes do poker mundial dos últimos anos.

Fedor iniciou a mesa final na segunda posição, mas com um stack de menos da metade do Justin. Porém, o alemão imprimiu um ritmo forte e diminuiu a distância de forma significativa no início da mesa final, até o americano despachar David Eihorn na sexta posição e conseguir uma folga na ponta. Bolha do torneio, a queda de David “custou” o prêmio de US$ 2 milhões reservado para o quinto colocado.

A partir de então, Fedor conquistou o maior stack da mesa ao eliminar Byron Kaverman (5º, US$ 2 milhões) e Rick Salomon (4º, US$ 2,84 milhões) na mesma mão.

Com a liderança em fichas, Fedor Holz aumentou a pressão sobre os adversários e engordou ainda mais o seu stack. Justin eliminou Dan Smith em terceiro lugar (US$ 4 milhões) e diminuiu a vantagem de Fedor no início do heads-up ao começar o duelo com 50,7 milhões de fichas contra um stack de 84,3 milhões de Holz.

Com muitos potes pequenos ou sem showdown, Justin chegou à ponta na 24ª mão do duelo. Com os blinds em 500.000/1 milhão big blind ante 1 milhão, Fedor abriu um raise para 2,8 milhões e Justin respondeu com uma 3-bet para 9.5 milhões. No flop Q43, Bonomo fez a c-bet de 5 milhões e eles viram o turn 8. Desta vez o americano bateu na mesa e Fedor levou 11,5 milhões de fichas ao centro e, no river 6, Justin mais uma vez deu check e Fedor anunciou all-in, sendo pago na hora.

Fedor Holz: KJ

Justin Bonomo: 84

O estímulo ao blefe de Justin deu certo e, com  um stack de menos de 20 big blinds nas mãos seguintes, Fedor Holz ainda conseguiu dobrar duas vezes até Justin conseguir encerrar o duelo.

No nível 22, com os blinds em 600.000/1.200.000 big blind ante 1.200.000, Justin entrou de limp e Fedor anunciou all-in de 23.6 milhões de fichas, e ganhou o snap call.

Fedor Holz: A4

Justin Bonomo: AJ

O bordo K832 ainda deu alguns outs ao alemão no turn, mas o river Q selou o confronto. Com o prêmio de US$ 10 milhões, Justin Bonomo chegou aos US$ 24,9 milhões em prêmios apenas em 2018. Mais do que isso, Justin agora é o maior vencedor da história do poker de todos os tempos com US$ 42,9 milhões faturados na carreira, deixando para trás Daniel Negreanu (US$ 39,6 milhões) e Erik Seidel (US$ 34,5 milhões). Já o “aposentado” Fedor Holz embolsou US$ 6 milhões com o vice.

“Quase todo mundo respeita o meu jogo e o de Fedor. Eu, certamente respeito muito. Definitivamente parece um roteiro, eu tendo que encarar Fedor com a liderança em um duelo e virar o jogo”, disse Justin sobre a disputa.

O Big One For One Drop registrou 27 entradas e distribuiu US$ 24.840.000 em prêmios, além de arrecadar US$ 2.160.000 para a Fundação One Drop.

Resultado da Mesa Final do Big One For One Drop da WSOP 2018

1 – Justin Bonomo (EUA) – US$ 10.000.000
2 – Fedor Holz (Alemanha) – US$ 6.000.000
3 – Dan Smith (EUA) – US$ 4.000.000
4 – Rick Salomon (EUA) – US$ 2.840.000
5 – Byron Kaverman (EUA) – US$ 2.000.000

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

CONHEÇA O BARALHO QUATRO CORES MAISEV, IDEAL PARA JOGOS AO VIVO.

 

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker