Jogadores de poker lamentam morte de Kobe Bryant, veja a repercussão.

Por: 28/01/2020

Doug Polk se disse extremamente abatido e Akkari recomendou documentário sobre Kobe Bryant.

kobe bryant 450O mundo foi pego de surpresa com o anúncio da morte de Kobe Bryant, de sua filha e de mais sete pessoas em uma queda de helicóptero no último domingo (26), na Califórnia, e vários jogadores de poker utilizaram as redes sociais para expressar suas condolências e admiração ao super astro da NBA.

Nos Estados Unidos, André Akkari usou o Twitter para questionar a veracidade dos boatos e, após a confirmação do acidente, se mostrou triste com a morte do ídolo e recomendou aos seguidores procurarem materiais do astro.

 

 

Já Daniel Negreanu afirmou ter chorado com a morte do jogador, a quem nunca conheceu mas que conmsiderava amado no mundo todo.

“Nunca conheci o Kobe Bryant, mas chorei por ele e pela sua família hoje. Verdadeiramente trágico. Foi-se demasiado cedo. Ele era amado em todo o mundo. Descanse em paz”.

 

Doug Polk também se mostrou abalado com a perda do Black Mamba.

“Não sei porquê, mas a morte do Kobe Bryant me pegou com força. Ao crescer na Califórnia, lembro-me de ver os jogos dos Lakers quando era pequeno e adorava o estilo dele. Dói especialmente porque reforça o ponto de que a tua vida pode acabar a qualquer momento. Viver a vida a apreciar isso. RIP”.

 

Já Doyle Brunson foi mais econômico nas palavras:

“Não existem garantidos. Descanse em paz”.

 

 

E Allen Kessler decidiu compartilhar a homenagem do Seminole Hard Rock Hollywood Casino & Hotel, na Flórida, com as cores do Los Angeles Lakers a estampar a fachada do belo hotel em forma de guitarra.

 

 

Kobe tem alguma ligação com o poker. Em 2013, após a morte de Jerry Buss, dono dos Lakers e fanático pelo jogo, a WSOP convidou o craque a participar da série, mas alegando se recuperar de uma lesão no joelho o astro declinou o convite, mas aceitou anunciar o “shuffle up and deal” do Evento #23 em homenagem ao chefe. Na foto no início da matéria Kobe participa do The 3rd Annual Lakers Casino Night, em Santa Monica, Califórnia, em 2006.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Salas de Poker