Bad beat do terror: jogador é desconectado com straight flush em mesa de bad beat jackpot e perde bolada; assista

Por: 29/05/2020

Straight flush contra quadra estourou bad beat jackpot, mas jogador foi desconectado. Confira o desdobramento da história.

bad beat jackpot 450Você já deve ter sido vítima de uma desconexão no poker online (e provavelmente quando segurava um par de ases pré flop ou alguma mão forte no river),  e sabe a dor que é ser prejudicado por uma conexão instável ou por um bug do software. Mas nada se compara à bad beat que afligiu o americano Brandon Di Silvestro.

Brandon costuma jogar ao vivo por diversão nos cassinos de Illinois, mas decidiu passar o tempo nas mesas de cash game de bad beat jackpot do site BetOnline “devido ao coronavírus” e tirou a “sorte grande” na última sexta-feira, dia 22.

Nas mesas com blinds US$ 1 / US$ 2, o dono da conta Devowned recebeu J10, no hijack, e aumentou para US$ 3,50. Após o call do jogador no botão, o small blind fez uma 3-bet para US$ 15 e os três jogadores viram o belo flop K9K. Brandon apostou US$ 11 e ambos deram call. A Q no turn deu o straight flush dos sonhos a Brandon, com o jogador no small blind ainda saindo apostando US$ 13,50. Porém, a mão virou um pesadelo: misteriosamente, Brandon foi incapaz de aplicar o call, e viu sua mão ser foldada pelo software. A ação continuou com o jogador no botão dando call e o 2 no river. O small apostou US$ 16,50 e o jogador apostou suas últimas US$ 60 fichas, recebendo o call.  Enquanto o botão abriu 99, para um full house, o small mostrou KK, para uma quadra, o que faria o bad beat jackpot de US$ 349.039 ser distribuído. Porém, como a mão de Brandon foi foldada, a bolada permaneceu acumulada, e o jogador viu o prêmio de US$ 52 mil ir para o muck. Veja o vídeo.


 

COMO FUNCIONA O BAD BEAT JACKPOT

As mesas de bad beat jackpot separam um valor para distribuir entre os jogadores caso uma bad beat aconteça. Os termos em que as mãos se qualificam variam de site para site, mas geralmente o requisito mínimo é perder uma mão com uma quadra utilizando as duas cartas da mão, obrigatoriamente. Com o passar do tempo o requisito vai diminuindo (exemplo: o jogador deve perder um pote com uma quadra de 8 e durante as semanas pode ser uma quadra de 7, 6, etc.).

O valor total do bad beat jackpot é distribuído em parte para o jogador que sofre a bad beat, que aplica a bad beat, aos jogadores da mesa, e a todos os jogadores presentes no momento em mesas de bad beat jackpot de qualquer stake.

No caso da BetOnline, o valor é distribuído assim:

  • – 20% para o jogador que sofre a bad beat;
    – 15% para o vencedor da mão, que aplica a bad beat;
    – 12, 5% para os jogadores da mesa;
    – 12, 5% para os jogadores em outras mesas de Bad Beat Jackpot;
    – 35% reservado para alimentar um novo bad beat jackpot;
    – 5% taxa da sala.

É importante notar que as mesas de Bad Beat Jackpot costumam ter um rake mais alto que as mesas de cash games regulares. Mas voltando a Brandon.

Após perceber que ganharia a bolada com o Bad Beat Jackpot, o americano resolveu agir. Entrou em contato com o suporte da sala, gravou o replay da mão e postou o vídeo nas redes sociais. Não demorou para a injustiça ganhar tração e chamar a atenção de vários sites especializados.

“Fiquei com tanta raiva quando fui desconectado. Me deu vontade de jogar o notebook longe” disse Brandon em entrevista exclusiva ao MaisEV.

Foram seis longos dias de espera em contato com o suporte, mas ontem (27) o jogador obteve uma resposta do site, que decidiu pagar o Bad Beat Jackpot de US$ 53.532 (cerca de R$ 290 mil).

“Isso aconteceu, literalmente, na minha primeira vez no site BetOnline. Nunca achei que seria pago. Foram cinco dias difíceis”, confessou.

Segundo o comunicado do BetOnline, uma auditoria independente foi realizada e verificou que os servidores e o software agiram corretamente, com a desconexão sendo causada na ponta de Brandon. Entretanto, por generosidade, a sala resolveu pagar o prêmio. Além dos US$ 53 mil ao dono do straight flush, o small blind acabou recebendo US$ 69.809 e os jogadores da mesa US$ 14.435, cada, com o restante dos participantes das outras mesas de Bad Beat Jackpot recebendo parte do prêmio em até 24 horas.

Com um limite de saque de US$ 3 mil por semana, devido ao coronavírus, agora o plano de Brandon é sacar a bolada (“que vai levar tempo”) para dar entrada em um condomínio para morar com o cachorro, o maroto Bichon, que foi resgatado das ruas há 10 anos, chamado Enzo.

Ah, e antes que o leitor faça a piadinha “o PokerStars iria falir com essa mesa de bad beat jackpot”, pode fazer, pois a sala da espada vermelha não oferece o jogo.

brandon enzo

Brandon e Enzo, logo em busca de uma nova morada.

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker online e arriscar sua sorte nas mesas de Bad Beat Jackpot, indicamos a DM Créditos.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker