João Simão Lidera Brasucas e Dzmitry Urbanovich é o Líder no Dia 2A do ME do Caribbean Poker Party

Por: 14/11/2018

João Simão avançou com o 26º melhor stack e Brasil garantiu mais cinco nomes no dia 3, confira!

joao-simao-partypoker-millions-germany-450O Brasil segue com nomes fortes no field do Main Event ($5.300, NLH) do Caribbean Poker Party e seis jogadores do país ensacaram fichas ao final dos 10 níveis de blinds do dia 2A.

O maior stack brasuca ficou com o embaixador do partypoker João Simão. Com 10.500.000 fichas, o mineiro avançou na 26ª posição entre os 170 classificados, e terá um stack de 87 big blinds no dia 3. Também seguem representando a bandeira brasileira Régis Kogler, o capotinha (6.170.000), Alexandre Sako (2.145.000), Rodrigo Cariola (1.760.000), Renato Nomura (1.620.000) e Roberly Felício (1.030.000).

A liderança ficou com o craque polonês e também embaixador do partypoker Dzmitry Urbanovich. Com 19.550.000 fichas, ele é seguido de perto pelo grego Emmanouil Fountoulakis (19.100.000), e o canadense Senthuran Vijayaratnam completa os três melhores (16.380.000).

Outros nomes conhecidos que seguem no jogo com bons stacks são Eric Baldwin (13.880.000), Cliff Josephy (11.710.000), Chance Kornuth (11.120.000), Sylvain Loosli (9.750.000), Vladimir Troyanovskiy (9.400.000), Marcel Luske (9.310.000), Kenny Hallaert (7.815.000) e Anton Wigg (7.415.000).

Já abaixo da média de 7.105.882 aparecem Richard Dubini (6.930.000) Igor Yaroshevskyy (6.735.000), Jack Sinclair (6.500.000), Elio Fox (5.865.000), Bryn Kenney (4.110.000) e Anton Morgenstern (4.100.000).

Com 1.208 entradas até o total, a chance de um overlay é grande, já que são necessárias duas mil entradas para bater o garantido de US$ 10 milhões.

O Main Event do Caribbean Poker Party reinicia hoje, às 15 horas, com o dia 2B, e as entradas seguem abertas até o quarto nível do dia.

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

VEJA AQUI OS MELHORES SOFTWARES PARA JOGAR NO PARTYPOKER.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker