Gordon Vayo Processa o PokerStars por Não Pagar Prêmio de $692,000

Por: 09/05/2018

O Pokerstars acusa Gordon Vayo de disputar o torneio de dentro do território Norte Americano

vayo

O jovem profissional de poker, Gordon Vayo, ganhou grande notoriedade ao conquistar o vice-campeonato no Main Event da WSOP de 2016.

Agora ele volta as manchetes por processar o PokerStars por se negarem a pagar um prêmio de US$ 692.000 conquistado por ele ao vencer o evento #01-H (US$ 1.050 NLHE Phased) do SCOOP 2017.

O site alega que Vayo estaria jogando de dentro do território americano, o que vai de encontro com a legislação vigente no país, que permite o jogo apenas em alguns estados e com os termos e condições do site.

“Estou profundamente desapontado que tenha que chegar a isso, mas eu sinto que entrar com uma ação legal é necessário para proteger os meus direitos, assim como os daqueles outros jogadores do Pokerstars que estão na minha situação, mas podem não ter os meios para divulgar sua mensagem contra as táticas de bullying que eu experienciei durante essa disputa”. Disse Vayo.

O americano dono de mais de US$ 6 milhões em ganhos somente em torneio ao vivo, diz já ter apresentado todas as provas de que estava no Canadá durante o evento, mas ainda assim a empresa se nega a liberar o dinheiro. O caso agora será julgado pela justiça da Califórnia.

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

VEJA AQUI FICHÁRIOS, BARALHOS E VÁRIOS ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER.

 

Alex Resende

Alex Resende

Envolvido com tecnologia desde muito jovem, encontrei nas ciências biológicas minha verdadeira vocação. Aprecio no poker a atmosfera e toda a gama de variáveis que uma pessoa tem que lidar a cada jogada.

Veja mais:

Salas de Poker