Aproveite enquanto é tempo: dados indicam fim do mini boom do poker online, entenda

Por: 02/06/2020

Mercados europeus perdem tração com o relaxamento de medidas de isolamento social e mercado global já está sendo impactado. Veja os gráficos e números

TRÁFEGO MERCADO GLOBAL 450A música está parando de tocar.

A surreal situação criada pelo surgimento do coronavírus e as quarentenas impostas a fim de controlar o avanço da epidemia tiveram um lado positivo para o poker online, com as salas registrando o maior número de jogadores nos últimos cinco anos, criando o que se convencionou chamar de mini boom do poker online. Porém, a festa parece estar perto do fim.

Os dados são da GameIntel, que mostra que os mercados da França, Espanha e Itália já registram quedas e se aproximam do número de jogadores de antes da epidemia.

Embora as salas tenham registrado um crescimento de 275% se comparado ao período pré-coronavírus, atualmente os sites contam com apenas cerca de 50% do pico de jogadores. França Espanha e Itália adotaram duras medidas restritivas ainda em março, e agora começam a relaxar várias regras em busca do retorno à vida normal.

mercado europeu p 800
 Tráfegos do mercado segregado da Europa (amarelo) e italiano (verde).

O mercado global também já está sendo impactado mas a boa notícia, em termos de poker, é que o platô tende a ser mais longo. Quão mais longo não se sabe.

O gráfico abaixo mostra o crescimento em porcentagem do mercado global (em azul), americano (vermelho) e europeu (amarelo), todos apresentando queda.

mercado europeu americano global p 800

Já o gráfico abaixo mostra o fluxo de jogadores em mesas de cash games no mercado global.

mercado global p 800

Outra forte evidência da desaceleração são os números do PokerStars. Em março, a sala da espada vermelha apresentava uma média de 6.700 jogadores presentes nas mesas de cash games, número que disparou para 15.000 em abril. Agora, são cerca de 11.000 usuários nas mesas a dinheiro real (veja imagem abaixo).

Relatório contábil divulgado pelo PokerStars também aponta a tendência, com a sala buscando investimento dos acionistas a fim de reter os novos jogadores.

“Com o cancelamento das restrições… o crescimento anual [da receita do poker e do jogo] começou a moderar, e antecipamos que esta tendência irá se acelerar à medida que mais economias se abrirem”, diz trecho do relatório.

tráfego mercado pokerstars p 800

Ainda que o mercado global esteja cerca de 70% maior do que há três meses, já perdeu parte expressiva do volume de usuários conquistados no auge do isolamento social.

O QUE ESPERAR

Como a situação imposta pelo coronavírus é nova, é difícil fazer qualquer tipo de previsão. Entretanto, os gráficos deixam claro que o pico já passou e uma das dúvidas é até quando a ainda expressiva presença de amadores e recreativos irá.

O que se pode prever com algum grau de certeza é o enxugamento das “coronaseries”. Com o maior número de economias se abrindo, mais improvável será a ocorrência em massa de torneios especiais com garantidos milionários. Séries estendidas, algo novo e devido apenas à singular situação, farão parte do passado. Algumas salas, porém, podem adotar uma postura mais agressiva. O PokerStars anunciou o lançamento da Summer Series, e o partypoker deve realizar em julho outra grande série. Mesmo assim, os prêmios não chegarão próximos ao período de pico.

Já em termos de promoções, os sites devem oferecer vantagens aos jogadores que conheceram ou retornaram ao poker online durante as quarentenas como tentativa de reter esse tipo de cliente. Regulares e profissionais, por sua vez, não devem ver grandes novidades.

A grande dúvida é como ficará o cenário quando a epidemia passar, se o poker online irá aproveitar a onda e apresentar crescimento, ou se os números voltarão ao período pré-pandemia.

De qualquer forma, é hora de aproveitar enquanto há cerveja no bar e já ir se preparando para chamar o uber.

APROVEITE (AINDA) O MINI BOOM DO POKER ONLINE E ABRA A SUA CONTA NO:

PARTYPOKER

POKERSTARS

GGPOKER

888POKER

BODOG

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker online, indicamos a DM Créditos

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker