Christian Porás bate Pedro Madeira e é campeão do Main Event da WSOP Brazil

Home » Christian Porás bate Pedro Madeira e é campeão do Main Event da WSOP Brazil

Christian Porás embolsou R$ 500.000 após reverter déficit de 3:1 no início do heads-up contra o profissional. Veja como foi a disputa da FT.

Depois de ter ensacado a maior pilha nos dois dias anteriores e ter chegado à mesa final do Main Event da WSOP Brazil (R$ 4.000, No-Limit Hold’em) com uma grande vantagem, tudo indicava que Pedro Madeira confirmaria o favoritismo e conquistaria o título do almejado torneio. Além de ser o jogador mais experiente entre os nove finalistas, Pedro contava com o maior stack. Mas Christian Porás mudou o enredo do jogo, realizou uma grande virada e faturou o cobiçado anel e o prêmio de R$ 500.000 com o troféu.

Foi preciso mais de uma hora de jogo até o primeiro nome dar adeus ao título, e o responsável pela eliminação, como esperado, foi Pedro Madeira. Nos blinds 75.000 / 150.000 big blind ante 150.000, a mesa rodou em fold até Pedro, que fez um raise para 300.000 com J7. Jacques Ortega, no small blind e com 55, shovou sua pilha de 1.125.000 e Pedro deu o call. O bordo 48J10A deu um par maior a Pedro e eliminou Jacques na nona posição, com o prêmio de R$ 37.260.

VEJA TAMBÉM: Pedro Garagnani leva o Brasil ao Dia 4 do ME do EPT Londres mas cai em coooler de KK x AA

Menos de 20 minutos depois, foi a vez de Pedro mandar para o rail Yuri Fernando. Yuri shovou sua pilha de 1.450.000, do hijack, com J10, e Pedro, com AQ, pagou no small blind. O bordo não acertou ninguém e Yuri embolsou R$ 47.100 com a oitava posição.

Logo em seguida, Pedro aniquilou Gustavo Lima, que aumentou para 300.000, do UTG+1, com AJ, e ganhou o call de Pedro no big, com J8. O action flop 68J deu top pair a Lima e dois pares a Pedro, que aplicou um check-raise para 1.000.000 na bet de 400.000 do oponente. Gustavo respondeu com um 4-bet para 2.000.000 e Pedro o colocou em all-in. O turn Q e o river 6 selaram a queda de Gustavo em sétimo, com o prêmio de R$ 68.010.

Com os nocautes, Pedro voltou a abrir uma larga vantagem para Christian, que havia faturado bons potes no início do dia e encostado no chip count.

A ação seguiu forte e muito rapidamente Carlos Alberto e Ricardo Duarte se despediram do Main Event. Carlos levou a pior em um coin flip com JJ contra o AQ do venezuelano Yerickson Sanchez – único estrangeiro na FT – achar uma Q no turn e selar sua eliminação no sexto lugar com o prêmio de R$ 95.540. Duas mão depois, Ricardo se viu dominado com o seu 66 contra o 77 do jogador da Venezuela para cair em quinto, mas com a forra de seis dígitos de R$ 127.290.

Após o break, com os blinds em 100.000 /200.000 big blind ante 200.000, o jogador da terra de Hugo Chavez mandou Matheus Mayer para o rail (R$ 161.330) e deixou Christian com a menor pilha.

Entretanto, Christian conseguiu colecionar bons potes e deixar o venezuelano com a menor pilha, até sacramentar a eliminação e dar início ao duelo brasuca da seguinte forma: Christian dobrou o big blind para 500.000, com A3, e Sanchez shovou suas 3,5 milhões de fichas, com 1010 O bordo A7497 deu ao venezuelano o prêmio de R$ 214.260 com o bronze.

Pedro começou o heads-up com o triplo das fichas de Christian, e foi necessário mais de uma hora de jogo para o futuro campeão tomar a ponta.

A mão final aconteceu nos blinds 200.000 / 400.000 big blind ante 400.000. Christian aumentou para 900.000 e Pedro pagou. No flop 1042, Pedro deu check-raise all-in para 5.700.000 fichas na bet de 1.000.000 de Chris, que deu call.

Pedro Madeira: 94

Christian Porás: A4

O turn 5 e o river Q confirmaram o título de Christian, as conquistas do troféu e do valoroso anel, e a forra de R$ 500.000. Já Pedro embolsou R$ 301.000 com o vice-campeonato.

CONFIRA: Lucio Lima conquista dois ouros e uma prata em show no PokerStars

Com 835 entradas de R$ 4.000, o Main Event da WSOP Brazil foi disputado entre 22 e 26 de outubro nos feltors do Hotel Unique, em São Paulo. Com R$ 2,5 milhões garantidos, os registros foram responsáveis por elevar o prize pool a pouco mais de R$ 2,7 milhões, que contemplou os 119 melhores colocados com o mínimo de R$ 6.000.

Agora, as emoções da World Series of Poker se voltam para a perna europeia, que está em disputa desde ontem, 26, nos feltros do King’s Resort em Rozvadov, na República Checa.

CLASSIFICAÇÃO FINAL MAIN EVENT WSOP BRAZIL 2022

#JOGADORPAÍSPRÊMIO
1Chrisian PorásBrasilR$ 500.000
2Pedro MadeiraBrasilR$ 301.000
3Yerickson SanchezVenezuelaR$ 214.260
4Matheus GarzinoBrasilR$ 161.330
5Ricardo DuarteBrasilR$ 127.290
6Carlos Alberto CaramBrasilR$ 95.540
7Gustavo LimaBrasilR$ 68.010
8Yuri SouzaBrasilR$ 47.100
9Jacques OrtegaBrasilR$ 37.260

O MaisEV agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do poker (t.me/maisev).

Para comprar ou vender créditos de poker, sem burocracia e com segurança. Acesse a ROYALpag.com. Receba em 5 minutos.

Salas de poker
partypoker
4,8 rating
100% até $600 USD +$30 USD em ingressos!
GGPoker
4,8 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até US$ 600
Bodog
4,5 rating
Bônus de boas-vindas de até US$ 1.000
PokerKing
4,3 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até US$ 2.000
PokerStars
4,0 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até $600 e $30 grátis
888poker
3,8 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até US$ 400
Código de bônus
Código de bônus WELCOME100