Andres Korn Conquista o Segundo Bracelete Argentino na WSOP

Por: 03/07/2017

Andres Korn faturou o segundo título da história da Argentina na World Series.

andres korn 450Perto de sediar uma etapa histórica de um evento da WSOP Circuit, a vitória de Andres Korn não poderia ter vindo em melhor hora para os hermanos argentinos.

O torcedor do River Plate sagrou-se campeão do Evento #$56 ($5.000, No-Limit Hold’em) no último domingo ao despachar 622 oponentes ao longo de quatro dias de evento e faturar US$ 618.285.

Com a vitória, Andres junta-se a Ivan Luca, único outro argentino a possuir a prestigiosa joia da WSOP, ganha em 2015.

“O bracelete importa muito mais. Nem olhei para os payjumps, estava com foco apenas no bracelete. Para quem joga poker, é a glória, e você não tem muitas chances de conquistar um. Não que o dinheiro não seja ótimo, é claro. O dinheiro é lindo mas o meu principal objetivo era o bracelete”, respondeu o campeão quando questionado sobre o que era mais importante como prêmio pela conquista.

Na mão final, Andres abriu shovando e o taiwanês Pete Chen pagou.

Andres Korn: K9

Pete Chen: 98

O flop 985 virou o jogo e pôs Pete na dianteira, mas o turn 6 e o river 6 deram outro par a Andres, que ganhou o pote, e o título, com o kicker K.

O Evento #56 contou com 623 entradas e distribuiu US$ 2,8 milhões em prêmios. Fernando Brito (40º, US$ 12.147) foi o brasileiro melhor colocado.

Resultado da Mesa Final do Evento #56:

1º– Andres Korn (Argentina : US$ 618.285

2º– Pete Chen (Taiwan): US$ 382.122

3º– Thomas Boivin (Bélgica): US$ 264.306

4º– Marton Czuczor (Hungria): US$ 185.794

5º– Mike Sowers (EUA): US$ 132.767

6º– Simon Lam (EUA): US$ 96.472

7º– Andy Spears (EUA): US$ 71.300

8º– Mark Zullo (EUA): US$ 53.615

9º– Sergio Cabrera (Espanha): US$ 41.031

 

Curta a página do MaisEV no Facebook siga-nos no Twitter

 

CONFIRA OS MELHORES SOFTWARES PARA TORNEIOS ONLINE.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker