Adrian Mateos, John Racener e David Pham Conquistam Braceletes da WSOP

Por: 12/06/2017

Enquanto Adrian Mateos e David Pham chegaram ao tri, Racener conquistou sua primeira joia.

adrian mateosO último fim de semana contou com o encerramento de vários torneios da WSOP, e enquanto vários jogadores aumentaram a coleção de braceletes da série, teve jogador celebrando a primeira conquista.

Adrian Mateos leva a melhor no Heads-up Championship

Um dos eventos mais aguardados coroou o espanhol Adrian Mateos como o grande vencedor. Na decisão do Evento #15 ($10.000 NLH Heads-Up Championship), Adrian venceu o veterano John Smith e chegou a sua terceira conquista na WSOP.

“É insano que eu tenha três braceletes. É muito difícil ter três braceletes e eu tenho apenas 22 anos. Tive uma boa corrida de cartas e joguei bem, então isso é tudo que interessa”, celebrou o jovem espanhol.

Na mão derradeira, após verem o flop A93, Adrian aplicou a cbet de 200.000 fichas e John respondeu com um all-in, de cerca de 1.300.000 fichas, sedo pago.

Adrian Mateos: 52

John Smith: Q8

O turn Q já garantiu a vitória de Adrian, que faturou US$ 324.470 com o título, enquanto Smith embolsou US$ 200.538 com o vice.

O Evento #15 registrou 129 entradas e distribui pouco mais de US$ 1,2 milhões em prêmios.

 

David Pham também chega ao tri

David Pham wsopEnquanto o jovem Adrian Mateos celebrava a sua terceira conquista com apenas 22 anos, o veterano David Pham também conquistava a sua terceira joia, porém com um intervalo muito maior entre as conquistas.

Pham passou por 1.738 oponentes no Evento #12 ($1.500, NLH) e embolsou US$ 391.960 com a vitória.

“É claro que o dinheiro vem antes, mas ganhar um bracelete significa muito. Levei 10 anos para vencer de novo”, disse Pham quando perguntado sobre a sensação da nova conquista.

A mão do título ocorreu quando Pham shovou pré flop e após ver um ás, Jordan Young pagou.

David Pham: K9

Jordan Young: A7

O bordo 543Q mantinha Jordan na frente, mas o river K deu top pair e o bracelete a Pham, que agora chega a US$ 9,8 milhões em ganhos na carreira.

 

John Racener conquista a cobiçada joia

O fim de semana também foi dia de conquistas inéditas. E justa, de certo modo. John Racener era um dos grandes nomes do jogo a não contar com um bracelete no currículo, contando com inúmeros vices e terceiros lugares, inclusive com o vice-campeonato do Main Event da WSOP, em 2010, mas sua espera chegou ao fim no Evento #17 ($10.000 Dealers Choice 6-handed).

john racener“Eu sempre desejei isso. Tive vários segundos e terceiros lugares, tenho quase US$ 10 milhões em prêmios, mas sem bracelete. Eu nem olhei para a premiação, nem sei o prêmio ao primeiro colocado, só queria o bracelete”, disse John, que dedicou a joia a mãe, vítima de câncer no fígado três anos atrás.

“Ela era minha maior fã, e ainda é. Não importava o horário, ela sempre ficava acordada a noite toda torcendo por mim”.

Sem saber, John conquistou US$ 273.962 ao passar por 101 oponentes no evento que distribuiu US$ 930.600 em prêmios.

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

VEJA AQUI OS MELHORES ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker