Rodrigo Valente comenta sua triplíce coroa e trajetória no poker

Por: 15/07/2020

Rodrigo Valente, do Full Poker Team, fala sobre a merecida façanha alcançada na última semana

Rodrigo ValenteNo final da última semana, Rodrigo Valente alcançou um feito que poucos brasileiros conseguiram: ele conquistou a tríplice coroa (Triple Crown) reconhecimento dado pelo site de rankeamento Pocket Fives a jogadores que vencem três torneios em três salas de poker diferentes, em uma única semana.

Membro do Fórum MaisEV desde seus primórdios como “rodrigorpv”, falamos com Rodrigo Valente sobre o feito e aproveitamos pra perguntar sua opinião sobre rankings de poker e comentar sua trajetória no jogo, confira:

 

Você acaba de ser “receber” do PocketFives a tríplice coroa. Enxerga isso como um tipo de reconhecimento do seu jogo, ou acredita ser algo trivial?

Domingo cravei um torneio muito importante no GGPoker e um dia depois veio o Bounty Builder no PokerStars,  folguei terça e joguei normal na quarta, quinta e domingo quando consegui a terceira cravada, fiquei feliz por algo que ainda não tinha conseguido nesses 10 anos de carreira.

Ainda sobre isso, como você enxerga estes rankings de poker? É algo que te incentiva a ser melhor pela competição em si ou não vê diferença já que não existe um prêmio de fato?

É meio simbólico sem valor monetário mas ainda é algo que me motivou a buscar pela competitividade mesmo, já tive perto outras vezes e só dessa vez consegui cravar os 3 heads-up que fiz na semana.

A competitividade é algo que te atraiu pros torneios, ou poker pra você é só sobre o lado financeiro?

Quando criança tinha o sonho de ser jogador de futebol mas foi o poker que encaixou como uma luva em minha vida nos 2 sentidos, sou apaixonado pelo meu trabalho desde que decidi me jogar de cabeça nesse mundo. Hoje com a experiência ao longo desses anos procuramos passar atalhos dessa longa jornada pra toda a nossa comunidade do Full Poker.

No início da sua carreira, você passou por uma grande perda quando teve sua casa incendiada, precisando até da ajuda da comunidade pra conseguir se recuperar. Hoje você é um jogador reconhecido e bem sucedido e ainda tá a frente de um time bastante conceituado. Como você vê sua trajetória desde aquela época?

Fazem quase 7 anos desde o incêndio da casa, lembro que tinha recém entrado no 4bet, amigos, diretoria e muita gente da comunidade do poker ajudaram e consegui comprar um PC novo e uma nova cadeira pra seguir trabalhando o quanto antes, também recebi doação de roupas e tênis de amigos mais próximos, morei na casa de um primo por 1 ano e depois voltei pra casa da minha mãe, isso foi muito importante na época, o trauma foi bem grande e acabei tendo um ano break even em 2014.

Em 2015 fui um dos maiores grinders do mundo e tive um ano incrível, acredito que a busca insana por reconstruir tudo do zero foi minha maior motivação e tive uma virada de jogo chave nessa época, minha esposa também está comigo desde o inicio de minha carreira assim como toda minha família que sempre me apoiou demais desde o início.

em 2016 criamos o Full Poker com meus amigos Gustavo Mastelotto, Regis Capotinha e Geraldo Cesar e desde então nesses quase 5 anos de time tem sido uma evolução absurda, criamos uma comunidade que mais se parece com nossa segunda família, aqui todos se sentem em casa e estamos muito conectados e com mesmo propósito de buscar passos maiores na carreira a cada dia.

Fiz viagens incríveis nesse tempo pra torneios lives fora do Brasil, fiz novas amizades dentro e fora do poker que me fazem hoje uma pessoa muito mais feliz, sou muito agradecido por ser minha melhor versão de vida no poker mesmo tendo começado “tarde” aos 29 anos.

Devo ao poker minhas maiores conquistas, estou finalizando o meu grande sonho de ter minha casa própria e sigo com uma fome absurda de dar meu melhor na carreira e gerando cada vez mais valor para o Full, impactando com meus sócios e amigos de time novas carreiras nos próximos anos.

 

Caso precise comprar fichas para as principais salas de poker, indicamos a DM Créditos

Danilo Telles

Danilo Telles

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker