Alexandre Mantovani fala sobre a WSOP e estilo de vida no poker

Por: 11/06/2019

Alexandre Mantovani citou os brasileiros que dão mais trabalho, falou sobre seu planejamento para a WSOP, poker online e mais!

Um dos jogadores mais técnicos do Brasil, e quiçá da galáxia (e não é um exagero), o craque Alexandre Mantovani, conhecido no online pelas contas Cavalito, no PokerStars, e PokeyB_RedBaron, no partypoker, aproveitou uma pequena pausa no grind, em Las Vegas, para falar com a gente sobre o seu planejamento na série e dividir suas impressões sobre as forras brasucas nos jogos mistos, os principais nomes do país no jogo e como a meditação auxilia seu desempenho, confira!

Você está na WSOP desde o primeiro dia. Quantos eventos pretende jogar?

alexandre mantovani cavalito 450Pretendo jogar o máximo que eu conseguir manter uma alta performance! Já dei 10 registros desde o começo da série, mas amanhã vou fazer um bate-volta no Brasil porque é casamento de um dos meus melhores amigos, então vou perder alguns dias de série.

E de que forma você organizou sua grade da WSOP?

A maneira que eu organizo a grade da WSOP é fazer uma lista dos torneios que são totalmente imperdíveis! Aí depois disso eu me organizo de acordo com o passar de dia ou não nos torneios. Como tem torneio todo dia, em todos os cassinos, é fácil encontrar planos B e C.

Os brasileiros estão chegando longe em modalidades fora do Holdem e PLO. Como você vê essas modalidades? Acha que devem ser mais exploradas aqui?

Essas outras modalidades são incríveis e muito divertidas, eu mesmo já fiz cursos delas e acho bem interessantes, até mudaram um pouco minha visão sobre hold’em! Acho que os clubes locais deveriam ter mais torneios dessas modalidades, e talvez até cash game delas uma vez por semana, para que elas se desenvolvam cada vez mais.

Que jogadores você acha que devemos ficar de olho nessa WSOP?

O Brasil veio muito forte, cara, alguns dos nossos melhores jogadores estão aqui: eu, Kane (Renato Kaneoya), João Simão, Akkari, Rafa MoraesAlém deles o Padilha (Pedro Padilha), Gustavinho (Gustavo Mastelotto, o 22ehnuttz), Saulo, Cássio (Cássio Kiles, o cassiopak), e o Pablo também vem, e acredito que pro Main Event a galera do Samba vem também, todos esses vão dar muito trabalho!

Além da WSOP, você pretende jogar outros circuitos internacionais como o EPT?

O EPT Barcelona com certeza, porque sempre sonhei em ir mas não consegui ir nos últimos anos, então esse ano já estou com as passagens compradas. No mais, meu foco vai permanecer no online, que é a especialidade da casa e onde ainda tenho alguns objetivos pra conquistar.

Para encerrar, agora falando da sua rotina. Você é praticante de yoga e meditação, como você acha que esse estilo de vida te afeta como jogador?

Meditação sempre foi algo que chamou minha atenção, já pratico há uns 10 anos diferentes tipos e conceitos de meditação. Isso por si só apresenta uma vantagem competitiva para mim como jogador de poker, porque acredito que tenho uma habilidade de concentração acima da média, mas acho que o verdadeiro diferencial é a vontade constante de me aprimorar e desenvolver, porque essa é a pegada que me fez sair dos micro e chegar até os highstakes e vai continuar me levando pra cima!

Para saber mais sobre Alexandre Mantovani e os outros brasileiros na WSOP, basta acompanhar as notícias diárias do MaisEV na página de notícias.

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

CONHEÇA O BARALHO DE QUATRO CORES MAISEV PARA JOGOS AO VIVO.

Danilo Telles

Danilo Telles

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.
Danilo Telles

Veja mais:

Salas de Poker