Red Pro’s do FTP Faziam ‘Multi-Accounting’, Revelam Ex-Funcionários

Por: 25/09/2012

Na comunidade online Reddit, eles se propuseram a responder quaisquer perguntas que os usuários fizessem, além de disponibilizar uma série de manuais da empresa – a maior parte deles voltados para o setor de suporte ao consumidor.

Entre os emails mostrados estão instruções para lidar com fraudes, collusion¸ e até mesmo como um funcionário deveria agir caso fossem contatados pelo FBI ou outras agências governamentais.

As perguntas feitas aos ex-funcionários do site giraram em torno da Black Friday e de algumas políticas do site, como o tratamento com os Red Pros. Quando um dos usuários da comunidade pediu um exemplo de políticas da empresa que eram quebradas a favor do time de profissionais do site, a resposta foi surpreendente.

“O maior exemplo foi multi-contas. Deixar outras pessoas jogarem na conta dos red pros,” disse “FTPInsider”, que tempos atrás fazia um tópico similar o fórum 2+2.

Ainda mais surpreendente era a reação dos diretores do FTP caso um funcionário falasse algo contra esse favorecimento dos red pros.

“Seria repreendido e então, despedido. Mas nunca chegou a isso. Howard (Lederer) e Ray (Bittar) deixaram isso claro. Nós reclamávamos de maneira privada e fazíamos o nosso trabalho.”

Em relação aos empréstimos que o Full Tilt fazia aos mesmos jogadores contratados, “ftpinsider” disse que não era incomum emprestar valores de seis dígitos, e que não havia como as agências reguladores interferirem.

“Licenças de jogos online são uma piada. Não havia regulamentação. Havia tentativas de regular, mas eles dependiam de informações fornecidas pelo FTP, que eram forjadas e mal interpretadas.

Empréstimos de seis dígitos não eram incomuns. Se eles não pagassem ou perdessem tudo nas mesas, o protocolo era para não emprestar mais dinheiro. Mas de vez em quando recebíamos um email que dizia ‘fulano já pagou, ele está liberado agora’. Era uma prática de negócios horrível.”

Nós do MaisEV também resolvemos fazer algumas perguntas. Questionamos se funcionários do FTP eram proibidos de jogar no site, e embora a resposta oficial seja um simples “não”, um dos desenvolvedores do software, percebendo a intenção da pergunta, aproveitou a oportunidade para falar sobre a segurança do sistema:

“Não vou dizer que seria impossível alguém esconder informações de super usuário em um cliente especial, mas eu adicionei um código defensivo que mostraria as trapaças mais simples (cartas marcadas escondidas em clientes normais, mas expostas para clientes especiais). Como eu fui apadrinhado (para jogar real Money no site), era do meu interesse que ninguém mais tivesse informações extras. Mas eu juro que algumas pessoas jogavam como se as tivessem.”

Perguntamos também sobre o serviço de suporte ao cliente, que sempre foi considerado insatisfatório. Quem respondeu essa pergunta foi “FTPSean”, que também postava no fórum 2+2 como representante do site.

“Eu estive na empresa por mais de 5 anos. Uma das piores coisas que eu vi foi idiotas assumindo o departamento de suporte, só para serem demitidos por incompetência. Isso aconteceu 3 vezes antes da mudança para a Irlanda. Esses incompetentes destruíram qualquer chance que o departamento tinha de ser bem-sucedido no começo.

Não estou dizendo que o departamento de suporte nunca foi gerenciado por pessoas competentes. Eles só eram espertos o suficiente para fazer apenas o que Gil (Coronado, responsável pelas finanças do site) mandava.”

Mas apesar da maneira como a empresa era dirigida, nenhum dos funcionários suspeitava que o site poderia quebrar ou ter problemas com o governo.

“Nunca suspeitamos. Considerando os benefícios, os empregados sempre foram muito, muito bem tratados. Aqueles caras eram donos de uma empres que literalmente dava dinheiro em árvores. Todo dia tinha lucro, não tinha jeito de ter prejuízo. Mas ainda assim, de alguma maneira eles conseguiram estragar tudo.”

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker