PS Planeja Reinvidicar Propriedade Intelectual dos Jogos Rush

Por: 10/10/2012

Nos idos de 2010, o Full Tilt Poker surpreendeu ao anunciar uma nova variante do jogo, nomeada “Rush Poker”. Nela, os jogadores aumentavam consideravelmente seu número de mãos jogadas, pois eram realocados em outra mesa imediatamente após clicarem no botão fold.

Até a fatídica Black Friday, o Full Tilt reinvidicou a propriedade intelectual sobre os jogos nesse formato – inclusive em disputa com o PokerStars. Entretanto, com todo o imbróglio judicial no qual o Full Tilt se envolveu, o processo foi arquivado e logo o PokerStars lançou sua própria variante chamada “Zoom Poker”.

Hoje, jogar essa modalidade de poker não é mais privilégio de apenas um site. A variante espalhou-se também como “Fast Forward” no PartyPoker, “Speed Poker” na iPoker, “Blaze Poker” na Microgaming, dentre outras. A perda do monopólio não tem deixado os representantes do PokerStars satisfeitos, uma vez que um pedido pela propriedade intelectual da variante tem sido preparado nos bastidores.

“Estamos fazendo uma revisão completa de nossas patentes do Rush Poker e iremos cruzar essas referências com as nossas patentes atuais do Zoom Poker para garantir que teremos proteção da marca na área de ‘fast fold poker'”, disse Paul Telford, advogado do PokerStars. “Se necessário, usaremos essas patentes para proteger os elementos originais do Rush e Zoom Poker”.

Entretanto, a manifestação do PokerStars não assusta o presidente da InstaDeal Poker Network, Per Hildebrand. Segundo ele, não há motivos para que a patente seja cedida, uma vez que o Rush Poker se encaixa em apenas um dos três critérios necessários para tal. O curioso é que os advogados do PokerStars devem ter chegado à mesma conclusão, uma vez que o Zoom Poker foi lançado antes do anúncio da compra do Full Tilt, fato que ocorreu apenas no meio do ano.


Veja mais:

Salas de Poker