PokerStars Aperta Cerco Contra Bots e Requer Gravação de Vídeos; Jogadores Têm Contas Congeladas

Por: 22/01/2016

Ação do PokerStars contra bots já atingiu jogadores de diversos stakes e modalidade de jogos.

bots poker g

O PokerStars adotou uma medida curiosa na guerra contra os bots.

Vários jogadores da sala têm recebido e-mails solicitando a gravação de vídeos como meio de comprovação que o usuário da conta trata-se de uma pessoa real, e não de um programa automatizado. E o mais chocante: o vídeo não pode ser uma gravação a partir do Camtasia ou programas do tipo que gravam a tela do usuário, mas devem oferecer uma visão de 360º do ambiente do jogador.

Uma das primeiras denúncias do tipo surgiu no fórum americano 2+2 na semana passada, onde o usuário TooCuriouso1 compartilhou o conteúdo de um e-mail recebido por ele após ter sua conta bloqueada.

“Entretanto, solicitamos uma gravação em vídeo de você jogando. Esta gravação deve seguir os requisitos listados:

– Devemos ver o seu rosto com clareza no início da gravação;

– Antes de iniciar sua sessão você deve oferecer uma visão de 360º do seu ambiente;

– Você deve iniciar a sua sessão a partir de um desktop vazio, onde deve iniciar o cliente PokerStars e logar em sua conta;

– Após logar, você deve jogar uma sessão regular do seu jogo usual, com no mínimo 70 minutos de duração;

– Durante o jogo, a gravação deve apresentar qualidade de vídeo suficiente para que possamos perceber as atividades que ocorrem no seu desktop, e a gravação deve incluir a filmagem dos objetos à sua volta, como monitor, teclado, mouse e o movimento de suas mãos”.

Entre outros requisitos, o e-mail solicita a gravação com áudio, no mínimo de arquivos possível e dá 10 dias ao usuário para completar a tarefa a fim de ter a conta desbloqueada. Um dos jogadores informou que teve que adquirir uma câmera para realizar a tarefa.

A medida provocou diversas reações. Enquanto uma minoria se colocou ao lado do PokerStars com o discurso “se você não tem nada a 1984esconder não há nada a temer”, a maioria se queixou da invasão de privacidade imposta pela norma. O livro 1984, de George Orwell, que descreve um governo autoritário que exerce total controle sobre a intimidade do cidadão foi diversas vezes citado.

Em nota ao site PokerNews, o PokerStars reconheceu que “embora a medida possa ser vista como inconveniente a muitos jogadores, é necessária a investigação de usuários que ferem as normas do site e prejudicam a ecologia do jogo”.

Não é incomum bots serem descobertos atuando em diversos sites, e o próprio PokerStars já foi vítima da ação algumas vezes. Na mais recente, em julho do ano passado, o escândalo de bots russos que jogavam Pot-Limit Omaha pode ter causado um prejuízo de até US$ 1,5milhão aos usuários. Após várias denúncias de jogadores, o PokerStars investigou o assunto, baniu as contas responsáveis e restituiu os jogadores lesados.

E você, concorda com a ação do PokerStars ou acha que a medida fere a privacidade do usuário e o site deve usar uma outra alternativa para lutar contra os programas?

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter. 

Baralhos, maletas de fichas e muito mais você encontra aqui.


Veja mais:

Salas de Poker