Oderlândio Moura Fatura o Anel Mais Cobiçado da WSOP Brasil

Por: 03/11/2016

Oderlândio Moura derrotou Marco Tulio em um rápido heads-up

Oderlândio MouraAlguns jogadores ganham mais destaques da mídia do que outros. Talvez por uma presença digital, ou pelo fato de realizarem jogadas mais ousadas, que repercutem mais, ou qualquer outro motivo.

Não é o propósito desse texto dissertar sobre as razões disso. O que importa é que Oderlândio Moura é o contrário de qualquer holofote. E foi assim, de leve, pelas beiradas, que ele conquistou o título do evento mais prestigiado da WSOP, o Main Event.

Mas antes de falar sobre Oderlândio Moura, falemos sobre como foi a mesa final do ME da WSOP.

O dia começou com 10 jogadores em uma mesa final não oficial, e o ingrato papel de bolha da mesa final coube a Emmanuel Rodrigues, que foi eliminado por Gabriel Borges, o “getpuzzled” do fórum MaisEV.

Formada a mesa final oficial, a ação seguiu em um ritmo frenético, com três jogadores eliminados na primeira hora de jogo. O primeiro deles foi o paraguaio Marcelo Filartiga, que caiu pelas mãos de Renan.

Instantes depois foi a vez de Marcos Azambuja cair em 8º, quando seu A9 bateu de frente com o AK de Gabriel Borges. Neste momento, Gabriel surgia como um dos favoritos à conquista do anel. Mas sua sorte viraria, como você lerá a seguir.

O 7º colocado foi Paulo Diniz, que achou um par no flop, mas foi defenestrado no river em que Marco Tulio encontrou um A perdido, desbancando o T no flop de Paulo.

Foi no sexto lugar, Oderlândio Moura começou a aparecer. E assim como ele começou a crescer, Gabriel sofreu seu revés.

Oderlândio derrubou Renan, e “getpuzzled” viu seu stack encolher.

Em um all-in contra João Bauer, Gabriel viu seu KK perder para o AQ de João Bauer. Logo depois, novamente favorito, ele foi eliminado quando seu A7 foi incapaz de vencer o KJde Marco Tulio em um all-in pré-flop.

Com quatro jogadores, a estrela de João Bauer começou a brilhar. Ele dobrou contra Odêrlandio e depois contra Luis Martins, para delírio do rail, que torcia em peso para Bauer. Porém, depois de Luis Martins ser eliminado pelo futuro campeão na 4ª posição, foi a vez do próprio João Bauer deixar o torneio.

Ele entrou em um embate pré-flop contra Oderlândio e acabou colocando todas as suas fichas na mesa com A8 contra o AK de Oderlândio. Bauer chegou a encontrar um par no flop, mas o river trouxe um maldoso K que derrubou João Bauer na 3ª colocação, com R$ 340.000.

O heads-up entre Marco Tulio e Oderlândio Moura durou pouquíssimas mãos, encerrando-se quando Oderlândio fez uma continuation bet no flop J 5 3, Marco Tulio anunciou raise e Oderlândio voltou all-in com T T, sendo pago por Marco Tulio com  7 3. Oderlândio já estava na frente, e um T só confirmou a vitória do cearense, que levou um prêmio de R$ 750.000.

“A ficha não caiu ainda. É um sonho que realizei. É muita emoção, muita alegria. Mas a ficha só vai cair mesmo daqui alguns dias”, contou Oderlândio, que também comentou sobre a disputa decisiva. “Foi uma mesa final muito difícil, com jogadores muito bons. Tive um adversário sensacional no heads-up, mas consegui buscar o maior prêmio e o anel da WSOP. Estou muito, muito feliz!”

Resultado final do Main Event da WSOP Circuit Brazil

1. Oderlândio Moura (Fortaleza – CE) R$ 750.000

2. Marco Túlio Fernandes (Brasília – DF) R$ 460.000

3. João Bauer (Goiânia – GO) R$ 340.000

4. Luís Felipe Martins (Brasília – DF) R$ 250.000

5. Gabriel Borges (Marília – SP) R$ 180.000

6. Renan Sampaio (Cabo Frio – RJ) R$ 120.000

7. Paulo Diniz (Iporá – GO) R$ 83.400

8. Marco Azambuja (Campo Grand – MS) R$ 56.300

9. Marcelo Filartiga (Paraguai) R$ 40.000

 

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter

 

CONHEÇA OS MELHORES SOFTWARES PARA GRINDAR NO 888POKER.


Veja mais:

Salas de Poker