No Jogo Mais Divertido da GPL, Felipe Mojave Estraçalha Jeff Gross

Por: 10/06/2016

Rolou até um futebol no super duelo entre Felipe Mojave e Jeff Gross.

felipe mojave gross 450

O poker pode ser entediante vez ou outra. Jogadores atrás de óculos escuros e capuzes, evitando dar qualquer tell e calados são cenas até comuns. Mas o que vimos no duelo desta sexta-feira da Global Poker League entre Felipe Mojave e Jeff Gross foi o completo oposto.

As partidas entre os dois foram marcadas por um clima descontraído. Noive de uma brasileira e amante da cultura do país, Jeff Gross chegou ao cubo com uma touca do Brasil e uma camiseta das Olimpíadas no Rio. Já Felipe exibiu toda a sua simpatia e poderes a la um jedi, com uma camiseta do Stars Wars.

No primeiro jogo, Felipe assumiu a dianteira já nas primeiras mãos. Na mão mais interessante, Jeff aplicou uma 4-bet com 65 e Felipe não se intimidou e shovou seu 99. Depois de muitas falinhas de ambos os lados, Jeff optou pelo fold.

Mãos depois, um flush no river de Mojave contra trips de Jeff colocou o brasuca com quase 80% das fichas em jogo. O 1 a 0 para o brasileiro era apenas questão de tempo.

” SE VOCÊ FOLDAR EU GANHO, SE VOCÊ PAGAR, VOCÊ PERDE”

Na segunda partida, Felipe pulou na ponta ao extrair bastante fichas com AK e Jeff Gross perder completamente o bordo após ter straight e flush draws com T7.

Crescendo o stack, Felipe seguiu com boas cartas, até que o confronto chegou a mão decisiva: no bordo Q592J, Felipe pôs o americano em all-in depois de refletir por alguns instantes. Em uma cena inusitada, Mojave chegou a medir os batimentos cardíacos de Jeff, que deliberou por cinco minutos antes de pagar com 98 e ver o semi nuts de Mojave com T8.

felipe mojave gross batimentos g

No jogo três, os jogadores entraram no cubo com uma bola de futebol. E entre embaixadinhas e a apresentação a Jeff da música Dança da Vassoura, do grupo Molejo, o ritmo foi semelhante aos outros dois jogos, com Felipe acumulando pouco o pouco o stack do adversário.

Com K3, Felipe pôs Jeff em all-in, que ainda fez umas embaixadinhas antes de pagar com A2. O flop QQT o manteve na ponta, mas o turn 3 deu um par a Felipe. O river 6 confirmou a vitória e a surra brasileira: 3 a 0.

Com os nove pontos de Felipe o São Paulo Metropolitans chega a 91 pontos e assume a terceira posição da conferência americana. Já o Berlin Bears de Jeff Gross é o quinto colocado da conferência Eurásia, com 74 pontos.

A Global Poker League segue com os heads-up no cubo com o duelo entre Timothy Adams, do Rome Emperors, contra Kevin Macphee, do New York Rounders, no sábado, a partir das 15 horas.

Abaixo, a classificação da conferência Eurásia e América.

CLASSIFICAÇÃO GPL

Curta a página do MaisEV no Facebook siga-nos no Twitter

 

VEJA AQUI OS MELHORES SOFTWARES PARA HEADS-UP.


Veja mais:

Salas de Poker