Home Game na Virgínia é Alvo de Operação da SWAT

Por: 28/01/2015

Equipe da SWAT apreendeu US$ 150 mil em jogo caseiro.

A equipe da SWAT da Polícia de Faixfax County, Virgínia, utilizou uma forma no mínimo curiosa de acabar com um home game que ocorria em Great Falls.

Segundo o jornal The Washington Post, em novembro passado, a SWAT foi chamada para cumprir um mandato que denunciava um jogo ilegal. Na Virgínia, é permitido a realização de home games, desde que ninguém obtenha lucro ao cobrar taxas para a organização.

Mas não era o caso. O caro sit’n go tinha buy-in de US$ 20.000, e já contou com a presença de profissionais do calibre de Phil Laak e do vencedor da edição inaugural do The Big One For One Drop Antonio Esfandiari. Com massagistas e assistentes para servir bebidas, 1,5% do valor era cobrado como rake, daí a intervenção policial.

De acordo com uma testemunha, os policiais altamente equipados para uma operação militar, com rifles e submetralhadoras, invadiram o local aos gritos questionando se alguém tinha estava armado, e ordenando os presentes a colocar as mãos para cima. “Um deles apontou a arma para o meu rosto e ordenou que eu levantasse as mãos. Não acreditei no que estava presenciando”, disse a testemunha.Virginia SWAT

No local, a equipe da SWAT apreendeu US$ 150 mil em dinheiro, e indiciou oito pessoas por exploração de atividade ilegal. O julgamento, ocorrido recentemente, teve um acordo entre procuradores e advogados dos jogadores, que conseguiram reaver 60% do valor apreendido (US$ 90 mil), e os réus tiveram que se comprometerem a não praticar nenhuma ação do tipo pelos próximos seis meses.

A testemunha ouvida pelo Washington Post sugeriu que um detetive poderia ter realizado a ação sem a intervenção da SWAT, e  um porta-voz da polícia argumentou que “frequentemente, detetives têm acesso a esses jogos, e não raro há grandes somas em dinheiro, além de, algumas vezes, também testemunharem indivíduos armados”.

VEJA TAMBÉM: Senhora de 90 Anos é Presa nos EUA por Organizar Jogo de Poker em Casa

 

Curta a página do MaisEV no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Confira livros recheados de histórias curiosas do poker.


Veja mais:

Salas de Poker