Hellmuth Conquista 13º Bracelete e Lidera Corrida de Jogador do Ano

Por: 05/10/2012

Além das vitórias, Hellmuth fez ainda as mesas finais do Evento 32 (US$10.000 H.O.R.S.E.) e do Big One For One Drop, completando mais de US$4 milhões em ganhos.

Apesar disso tudo, ele se mostrou bastante humilde em relação aos seus resultados, ao contrário do que estávamos acostumados em seus comportamentos anteriores.

“Eu estou tentando manter minha cabeça baixa nos últimos anos. Você começa a ler a imprensa e escutar pessoas. Eles querem seu autógrafo todos os dias, fotos e coisas do tipo, e você começa a pensar ‘eu sou um cara legal’. Mas você tem que ignorar isso tudo. Tem que manter sua cabeça no jogo. O Negreanu me criticou por uns dois anos, e ele estava certo. Minha cabeça não estava onde deveria,” disse o campeão em entrevista ao site PokerNews.

Mesmo assim, ele sabe reconhecer seus méritos, e diz estar jogando “o melhor poker que já jogou na vida”.

Com todos estes resultados, Phil Hellmuth assumiu a liderança na corrida para Jogador do Ano do WSOP, com um total de 889.33 pontos. Mas ele pode perder a disputa para Greg Merson, que embora esteja agora na 10ª posição na lista, com 481.13 pontos, ainda pode virar o jogo, já que é um dos “October Nine”, que disputarão a mesa final do Main Event do WSOP em ainda neste mês.

Em mais uma demonstração de sua recém-encontrada humildade, Hellmuth diz estar torcendo para que Merson vença a disputa para Jogador do Ano.

“Greg tem que vencer! Se ele conseguir, será mais poder para ele. Ouvi falar que ele é um jogador fantástico com muito talento.”

 

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker