Doyle Brunson Reclama dos Cash Games em Las Vegas

Por: 31/01/2011

“Las Vegas está cada vez mais se tornando um lugar não muito desejável para um profissional de poker viver. Simplesmente não há mais tantos jogos de limites altos em lugar nenhum. Com a economia, os torneios de nível mundial e o poker na internet, o cenário para os live cash games é desanimador. O poker está a beira de uma mudança muito significativa, e em minha opinião, uma mudança muito ruim.”

Doyle diz ainda que está pensando em se mudar para a Califórnia, pois lá ainda há alguns jogos de níveis medianos regulares.

Phil Ivey também concorda com Doyle. Em entrevista ao site Poker Listings durante o Aussie Millions, Ivey disse que não há nenhum motivo para continuar em Vegas.

“Depois que Chip Reese morreu, praticamente acabou. Ele era basicamente a espinha dorsal dos jogos high-stakes e agora, não há mais big game em Las Vegas, exceto durante o World Series ou quando algum torneio está na cidade ou algo assim.”

Ivey deixa claro que os jogos não deixaram de existir em Las Vegas. “Há ainda há jogos em Vegas. Só não tanto quanto antes.”

“Quatro ou cinco anos atrás você poderia contar que haveria um jogo em quatro ou cinco noites por semana. Agora há provavelmente um jogo em uma ou duas noites.”

Ele também deixou claro que se os grandes jogos surgirem na Califórnia, seguirá o exemplo de Doyle Brunson. “Eu amo a Califórnia, então se começarem a jogar alto lá, é onde estarei.”

É claro que isso não é um problema para o maior jogador de poker da atualidade, que recentemente viajou para dois continentes atrás de grandes cash games.

“Onde o jogo estiver, é onde estarei. Eu acho que será haverá um tempo para mudanças, e eu não sei o que o futuro reserva. Vamos ver.”

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker