Conhecendo os Finalistas da WSOP: Michiel Brummelhuis

Por: 02/11/2013

O perfil da WSOP de hoje é de Michiel Brummelhuis, jogador holandês com o 7º melhor stack entre os integrantes do November Nine com 11.275 milhões em fichas.

Embora não seja o mais experiente na mesa final do Main Event da WSOP, Michiel Brummelhuis não é nenhum amador. Com 32 anos de idade, ele joga profissionalmente desde 2004, quando começou a jogar online e em cassinos na Holanda. “Na época, não tínhamos internet em casa. Havia muitos internet cafés, então eu sentei em um, instalei um cliente de poker e comecei a jogar. No primeiro dia, eu recebi ases três vezes e fiz algum dinheiro. Me apaixonei pelo jogo na hora.” Desde então, ele já alcançou três mesas finais da WSOP, apesar de esta ser sua primeira premiação no Main Event.

“Essa experiência definitivamente vai me ajudar, especialmente porque as mesas finais que fiz na WSOP foram muito divertidas, mas eu cometi muitos erros nas duas. Quando você erra, é uma boa experiência porque nunca cometerá os mesmos erros novamente.”

Em seus anos de carreira, Brummelhuis já lhe conquistou mais de US$650 mil em premiações ao vivo e um título do World Championship of Online Poker (WCOOP) do PokerStars, onde joga com o nickname “Utreg”. Seu melhor resultado até então foi um 4º lugar no $25.000 High Roller do PokerStars Caribbean Adventure de 2010.

Michiel Brummelhuis Além de participar da mesa final do Main Event da WSOP e ter uma vitória no WCOOP, Michiel Brummelhuis compartilha duas outras coisas em comum com seu maior rival entre os finalistas, o chip leader JC Tran. Ambos são jogadores contratados pelo site 888poker e também tiveram (ou terão) filhos em períodos próximos à grande final. Enquanto o segundo filho de JC Tran nascerá dias após o início da final, o primeiro filho de Michiel Brummelhuis nasceu setembro.

E assim como Tran, a importância deste evento é muito maior do que sua participação na final do maior torneio de poker do mundo.

“Me tornar um pai é mais importante do que qualquer outra coisa. Acho que ter um filho vai mudar muito mais minha vida do que o poker. É claro que o dinheiro é muito bom, mas não é algo que capaz de transformar minha vida. Se eu vencer o Main Event, é claro que US$8 milhões vão mudar minha vida de muitas maneiras. Mas como eu disse, tenho outras coisas que me darão muito mais felicidade,” disse ele.

Por causa disso, Michiel Brummelhuis não pôde participar de muitos torneios para se aquecer para a grande final, jogando apenas três torneios. No Main Event da WSOP Europa, ele foi eliminado logo no primeiro dia, e o mesmo aconteceu no EPT Londres, em que ele também não foi muito longe. Além desses, ele jogou apenas um torneio pequeno na Holanda, onde alcançou a mesa final.

Sendo assim, ele precisou buscar outros métodos para aprimorar suas habilidades. “Eu joguei simulações ao vivo com amigos e jogadores para encontrar boas situações em que quero me encontrar. Meus amigos analisaram meus oponentes e viram algumas coisas engraçadas. E eu tentei determinar com que mãos abrir, quando dar 3-bet, quando jogar tight ou loose. É muito importante ver isso já que estou shortstack com apenas 28 big blinds.”

Esses amigos de Brummelhuis não são jogadores comuns. Ele tem amizades com os grandes jogadores de seu país como Marcel Luske e Noah Boeken, e espera com seu resultado mudar ainda mais o cenário do poker na Holanda.

 

Quem: Michiel Brummelhuis

Local de Nascimento: Amsterdan, Holanda

Stack: 7º – 11.275 milhões de fichas.

Melhor Resultado: 4º lugar no PokerStars Caribbean Adventures High Roller de 2010 (US$150 mil).

Melhor Resultado Online: Campeão do WCOOP do PokerStars em 2011 (US$ 144 mil).

Ganhos em Torneios: US$ 671.7 mil (US$ 1.4 milhão considerando a premiação já conquistada na mesa final).

Jogo Principal: Torneios ao vivo e online.

 

Outras partes da série:

Conhecendo os Finalistas da WSOP: JC Tran

Conhecendo os Finalistas da WSOP: Amir Lehavot

Conhecendo os Finalistas da WSOP: Marc-Etienne McLaughlin

Conhecendo os Finalistas da WSOP: Jay Farber

Conhecendo os Finalistas da WSOP: Ryan Riess

Conhecendo os Finalistas da WSOP: Sylvain Loosli

 

Vários livros da Loja MaisEV podem te ajudar a chegar longe em torneios de poker, seja no clube da sua cidade ou na WSOP.
Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais:

Salas de Poker