Candidato à Presidência Norte-Americana Apoia o Poker

Por: 06/07/2011

Mas, ao mesmo tempo em que alguns políticos não estão do lado dos jogadores, outros estão. Quem está preocupado com o esporte e quer encontrar formas de defendê-lo é o candidato à presidência, republicano e ex-governador do Novo México, Gary Johnson.

Essa é a primeira vez que alguém em seu cargo chega a discutir sobre o assunto. “Apoiem o meu governo que eu apoio a sua liberdade”, diz o jargão eleitoral de Gary em seu site, criado especialmente para a comunidade americana do poker.  “O governo federal não deveria restringir um esporte que não faz mal a ninguém”, completa.

O site também traz uma parte feita especialmente para receber doações para a sua campanha, os valores sugeridos são de US$ 25, US$ 50 ou US$ 100.

Johnson com certeza não está com medo de tomar decisões polêmicas. Em seu programa de governo ele apoia legalização da maconha e da prostituição. Também afirma que não vai à igreja e não evoca Deus em nada que faz, além de ser a favor do aborto.

Tais posições políticas fazem com que seja difícil sua eleição, mas só tocar no assunto já é um passo importante para o esporte.

Para chamar atenção dos jogadores e apaixonados, o polêmico candidato confirmou presença na festa do fórum Two Plus Two no WSOP, que acontece no início do Main Event deste ano.


Veja mais:

Salas de Poker