Vegas 2013 – Parte 2

Por: 11/09/2013

Primeiramente gostaria de dizer que recebi muitas perguntas sobre como funciona a cidade e perguntas extra-game.

Para responder isso, recomendo o excelente livro do brasileiro Marco, Naccarato ”Floating in Vegas’, que conta muito sobre tudo isso pra quem pretende fazer um grind mais barato por lá!

Sobre os tão esperados torneios, foram para mim de um aprendizado imenso! Joguei primeiramente muitos torneios da série do Venetian, que são torneios de menor field e serviram pra 2 coisas: Aquecer os motores para o WSOP e treinar outras modalidades como Pot limit Omaha, Omaha hi-lo e HORSE que seriam alvo do meu grind posteriormente no WSOP. Ainda tive o muito feliz momento de cravar o meu primeiro torneio da vida em Vegas que foi o torneio de $400 de HORSE, que apesar de ter apenas de cerca de 80 jogadores contava com jogadores top muito bons da modalidade, inclusive um dos meus ídolos nesse esporte, Jeff Lisandro!

Eduardo Marra no HORSE

Depois começou a série mais esperada do ano por toda a comunidade, o WSOP. A princípio meu plano era apenas jogar os torneios mais baratos da série como os de $1.5k a $3k no máximo mas depois de alguns bons ITM’s me animaram a tentar voos maiores e incluir a minha 2ª participação no Main Event com assustadores $10k dolares de buy-in!! No ano de 2008 eu tinha caído muito próximo a bolha e não pretendia ter essa amarga experiência novamente.

Eduardo Marra e Jeffrey Lisandro

O stack inicial de 30k fichas foi reduzido para cerca da metade dele no final do dia 1A, mas como as subidas de blind eram de confortáveis 2 em 2 horas, pude runnar um pouco melhor, contornar a situação e voltar pra um stack mais confortável no final do dia 2.

No final do dia 3 tinha um stack já bem saudável e enfim tinha alcançado a primeira faixa de premiação no começo do dia 4. Ao final desse dia tive realmente um churrilho positivo grande, o que me gerou um stack bem grande pro dia 5 que foi um dia com uma montanha russa IMENSA no meu stack.

No final cai na posição de 103º dos cerca de 6400 participantes iniciais. Eu joguei mais de 40h de torneio, uma maratona que me deixou sem dúvida destruído fisicamente! (Preparação mais adequada para o próximo ano, sem dúvida é de se levar a sério…)

Estes foram os ITM’s que consegui nesse ano em Vegas.

Segue a lista dos mais famosos/habilidosos contra quem joguei nesses mais de 70 dias de grind: Phil Ivey, Phil Hellmuth, Jennifer Harman, Mike Matusow, Mark Steinberg, Billy Chan, Gavin Griffin, Adam Kesller, Robert Mizrachi, Naoya ‘nkeyno’ Kihara…

Phil Ivey

E por fim com o Marc-Etienne MccLaughlin, garoto de 25 anos que está na FT a ser jogada em 9 de novembro.  O cara joga realmente muito bem e boto fé nele nessa final… Não é a toa que lá estará, pois teve 2 DEEP runs nos últimos anos, chegando entre os 100 primeiros.

Vejo vocês em breve!

 

Contatos para coach dúvidas e sugestões podem ser enviadas pelo email: ecmarra93@hotmail.com ou pelo skype: marreta84


Veja mais:

Salas de Poker