Good Feelings!

Por: 14/02/2012

No domingo passado acordei como pé esquerdo. Pra grande maioria do público do MaisEV (homens) vai ser um pouco complicado entender, mas vocês com certeza já passaram um tempo ao lado de mulheres naqueles dias! É um horror.

Geralmente quando acordo meio desanimada ou com preguiça de jogar ouço uma música e meu astral já melhora, já consigo perder flips, entender que é normal e continuar o grind de boa. Mas nesse dia meu mau humor era tanto que cada flip perdido era um chororô danado e ficava na vontade de dar unregister em toda reta. Sem contar o fato de que era domingo de Super Bowl. Eu estava ali, jogando, correndo risco de acabar o dia pior do que comecei, no ferro e sem poder assistir o jogo. O máximo que eu consegui fazer foi uma mesa semi-final, lá no fim do dia, quando enfim estava mais relaxada, peguei meu note, sentei de boa em frente a TV pra acompanhar o jogo e terminar as últimas 2 telas. É incrível, muitos podem achar isso balela, mas quando você está em um dia ruim o jogo não anda e isso é fato!

“Permissão para desfocar do assunto”

Que jogão esse Super Bowl hein? Consegui acompanhar boa parte do jogo e adorei. O Brady e o Eli Manning nos proporcionaram um belo show. Falando nisso, não é pra menos que o Super Bowl é um dos maiores eventos esportivos do mundo. O que foi o show da Madonna? Foi incrível o que foi feito em tão pouco tempo. Aquele palco maravilhoso, os bailarinos e as coreografias, tudo foi lindo demais.  E de quebra eu ainda tinha algum $ nos Giants, dica aliás da galera aqui do fórum. Obrigada!

“Voltando ao assunto”

Durante a semana eu grindei com vontade, com sede de jogo. Ouvindo minhas musiquinhas e focando muito nas retas finais. Tive alguns resultados que me deixaram bem confiantes pro domingo. Acordei bem pro dia mais importante de grind da semana, com aquele sentimento de “é hoje”. O engraçado nisso tudo é às vezes o baralho parece querer testar até onde vai seu autocontrole. Comecei o dia apanhando demais. Mas o legal foi que esse começo ruim não chegou a me afetar como normalmente aconteceria. Não alterou meu humor e muito menos meu jogo. Fato esse que me fez chegar perto de alguns bons torneios, mas infelizmente nada se concretizou.

Sempre tive consciência de que meu psicológico é o maior obstáculo que eu preciso vencer no poker. Quando sinto que consigo controlá-lo e não deixar nenhum tilt afetar minhas decisões, acabo a seção com sentimento de dever cumprido.

Nos últimos tempos tenho feito muitas retas finais, estou com pressentimento que a big forra está logo ali é só continuar focada no joguinho!

“Um parabéns especial”

O domingo terminou mais alegre com a grande conquista do nosso ídolo André Akkari, o 1º lugar no Warm-Up. Gostaria de parabenizá-lo mais uma vez por aqui! Gratz!


Veja mais:

Salas de Poker