Potes Grandes Para Mãos Grandes

Por: 10/03/2009

Chute Para o Gol

Muitas pessoas acertam um set no flop e pensam: “bem, é melhor eu garantir que vou ganhar um pouco com essa mão.” Isso é errado. Errado, ERRADO!!! Sets não querem ganhar um pouco. Eles querem ganhar potes enormes, gigantescos que levam dez minutos para empilhar. Às vezes você vai assustar seus oponentes antes disso e não vai ganhar nada. E daí? Jogue pelos grandes potes de qualquer forma. Afinal, o que é melhor: ganhar três potes de $40 ou ganhar dois potes de $10 e um de $200? (Para os matematicamente desafiados, o segundo é muito melhor. :-D) A matemática do no-limit geralmente suporta chutes para o gol com mãos grandes, então se concentre nessa linha de pensamento.

Quebre em Pedaços

Ok, você acertou o set no flop e quer pegar todo o dinheiro. Qual é o primeiro passo?

Quebre em pedaços. Olhe os stacks remanescentes e mentalmente divida em vários pedaços de apostas. Por exemplo, digamos que o pote no flop é de $15, e vocês tem $200 sobrando. Uma aposta seria do tamanho do pote, $15. Depois desta aposta, o pote seria de $45 (os $15 originais, mais $15 da aposta, e o call do oponente). Então talvez outro pedaço de $40. após isso, o pote seria de $125. Aqui, restam $145 , então você faz desse valor uma última aposta. Nesse caso, você dividiu em três pedaços: $15, $40, e $145.

Às vezes, por várias razões você quer fazer as apostas um pouco menores. Então comece talvez com um pedaço de $10. Essa aposta (e o call) deixam o pote com $35, então talvez o próximo pedaço seja de $25. Isso dá um pote de $85, agora talvez um pedaço de $50. Essa aposta deixa $185 no pote com $115 restando, agora o pedaço final. Esse processo te deixa com quatro pedaços. $10, $25, $50, e $115.

Como pode ver, você pode dividir um stack de maneiras diferentes. Frequentemente, você terá duas escolhas maiores: três (tudo ou nada) pedaços grandes ou quatro (tudo ou nada) pedaços menores. Mantenha essas opções em mente para o próximo passo.

Planeje Seu Ataque

Agora a parte complicada. Você tem que olhar o flop exato, pensar em quais mãos seu oponente pode ter, e pensar em como ele pode jogá-las. Depois que fizer isso, você pode tem que decidir qual estilo de divisão e qual linha de apostas será melhor para construir o pote monstruoso que você deseja.

Ok, agora você está no big blind com 6 6 . Você está jogando $1-$2 com stacks de $200. Alguém abre raise com $7, a poucos lugares do button, e você paga. O pote é $15, e os stacks são aproximadamente $200 (assim como no nosso exercício de divisão de pedaços).

O flop vem Q 6 5 . Você acertou um set, e há um flush e um straight draw no board. Vamos falar sobre alguns tipos diferentes de oponentes, por um segundo.

Primeiro, digamos que seu oponente é loose e um pouco agressivo demais, especialmente nas posições iniciais. Mas ele não faz muitos blefes por potes altos, e ele irá desistir se sua mão for fraca. Se você der check no flop, é provável que ele aposte com qualquer coisa. Você pode tirar vantagem desse fato e do fato de que ele é um pouco loose, mas não maluco, e quebrar o stack em quatro pequenos pedaços. Seu plano é dar check e deixar ele apostar. Então você aumenta, mas não uma quantia grande: dependendo de quanto ele aposte, você pode fazer um mini-raise ou talvez um raise de metade do pote ou dois terços do pote. Você quer ter certeza de que ele pague com alguma de suas mãos fracas, como AK ou 88.

Isso coloca dois pedaços no pote. Se ele pagar, você então aposta o pedaço #3 no turn e o pedaço #4 no river.

Agora digamos que seu oponente é realmente loose e louco, quase um maníaco. Se você apostar no flop, você espera que ele aumente com muitas mãos, até mesmo com mãos não tão boas. Aqui a opção de três pedaços é perfeita. Você aposta, deixa que ele aumente, e então vai all-in com o pedaço #3. Você está indo all-in cedo nessa mão. Ou uma possível alteração, você pode apenas pagar o raise no flop, dar check no turn e então check raise all-in. Qual deles depende em quão provável é que ele pague um all-in no flop e quão provável é que ele aposte no turn se você der check. Mas de qualquer forma, você deve levar as apostas até ele o mais cedo possível, com uma aposta grande.

Agora digamos que seu oponente é fraco e passivo. Ele desiste frequentemente, raramente blefa, e quase nunca aumenta sem uma grande mão. Se você der check no flop, ele pode dar check behind, mesmo que ele tenha uma mão razoavelmente boa. Você não quer que isso aconteça.

Além disso, é improvável que você consiga mais do que três pedaços, já que ele provavelmente não irá aumentar. Então eu gosto da opção dos três pedaços com um plano de aposta-aposta-aposta. Se ele desistir, que seja. Esse cara desiste bastante, então isso irá acontecer. Mas aposta-aposta-aposta é sua melhor chance de ganhar um grande pote dele.

Proibido Slowplay

Slowplay tem o seu lugar. Mas é quase sempre uma má idéia quando você acerta um set no flop. Grandes mãos merecem grandes potes, e você não constrói um grande pote com checks e calls. Chegue chutando, especialmente no flop. Deixar que dêem check no flop pode ser a diferença entre ganhar uma aposta de $120 no final e uma de $50. Nos exemplos acima, nós jogamos a mão de três maneiras diferentes contra três oponentes diferentes. Mas no flop, em cada caso, nós apostamos ou damos checkraise. Nessa situação, não há check e call.

Jogar mãos grandes bem é uma importante habilidade de no-limit. Lembre dos três princípios básicos:

1. Chute para o gol

2. Divida mentalmente os stacks em pedaços de apostas

3. Pense em como seu oponente joga e escolha a linha de apostas mais provável de construir um pote monstruoso.

Se você tiver dúvidas sobre os termos utilizados neste artigo, veja nosso dicionário de termos de poker.

Este artigo foi originalmente postado no site estadunidense Two Plus Two e traduzido e disponibilizado pelo site Teorias do Poker.

Historiador por formação, conheceu o MaisEV em sua primeira semana de vida, ainda em 2007. Em pouco tempo, tornou-se editor-chefe do site para fazer o que faz de melhor: escrever.

Veja mais: