A Rotina dos MTTs

Por: 28/02/2013

Continuando o assunto, agora vou falar de como é a vida especificamente de jogadores de torneios. Em minha opinião estes são os que conseguem ter uma satisfação plena, aquela de dever cumprido, que é quando se ganha algum torneio. Profissionais de Cash Game ou Sit and Go, que trabalham com alto volume de jogos e muita repetição tão frequentemente ganham buy-ins ou cravam sits, que acaba por não se tornar tão glamuroso. Porém é lógico que estamos aqui pelo dinheiro.

Outro fator é o tempo demandado de jogo, que aumenta mais a gana de chegar ao topo. Afinal quem gosta de jogar por 8h e cair num 10º lugar? Entretanto isso é algo tão frequente que alavanca outro fator, o da decepção de estar tão perto e não chegar lá. Assim a contraparte é que os jogadores de MTTs sofrem alto nível de stress pelo sentimento de incapacidade ao não conseguir atingir o objetivo, e se isso for por um período longo, acaba por destruir a confiança e afetar o nível e a habilidade do jogador.

Muita gente que começa a jogar torneios não entende como é o longo prazo de eventos em que concorremos com centenas de pessoas. Não se dão conta que irão precisar de muitos fatores para conseguir a tão esperada vitória, não basta ser bom ou ter mais “sorte” com as cartas para ficar com o primeiro lugar. Hoje eu tenho plena certeza que os jogadores que vencem são simplesmente os que cometem menos erros.

Dentro da dinâmica de um torneio estamos passíveis a errar a qualquer momento, seja na simples decisão de jogar ou não uma mão, de qual valor apostar, na leitura errada do estilo de um adversário, e de muitos outros conhecimentos que os profissionais utilizam no andamento do jogo.

Por isso que para ganhar temos que fazer volumes altos, só no longo prazo é possível superar a variância. Lógico que existem muitos casos de pessoas que jogam muito pouco e logo acertam um grande prêmio, e o que eu posso dizer é que isso é o mesmo que ganhar num bingo. Foi um claro golpe da sorte.

Assim gosto do pensamento que um torneio é uma batalha pela sobrevivência, o ganhador não é apenas quem ficou em primeiro, e sim o ultimo que restou. Quando estiver jogando pense na sua “vida” no torneio, que são suas fichas, enquanto tiver uma você está vivo. Trabalhe com todas as ferramentas que cada nível de stack lhe oferece, quanto mais tiver maior a gama de possibilidades.

Você pode acompanhar minha rotina no twitter: @vinnycout e em meu blog: www.vinnycout.com

 

Até a próxima,

VinnyCout. Jogador profissional de poker online. Grinder de SnG e MTT.


Veja mais:

Salas de Poker