Mordida do Leão leva quase 50% do prêmio de finalista da WSOP, confira os valores após impostos

Home » Mordida do Leão leva quase 50% do prêmio de finalista da WSOP, confira os valores após impostos

Norueguês e francês que moram na Inglaterra escaparam de pesadas perdas em impostos e jogador de New York levou a maior mordida, entenda.

O último dia 16 coroou o norueguês Espen Jorstad como grande campeão da World Series of Poker. A vitória no Main Event valeu a bolada de US$ 10.000.000, mas outros grandes vencedores do torneio foram os diversos órgãos de arrecadações de impostos ao redor do mundo, que sempre abocanham uma fatia das grandes somas.

Conforme o levantamento realizado por Russel Fox, fã de poker e diretor do escritório de contabilidade Clayton Financial and Tax, um dos mesa finalistas poderá ver o prêmio encolher quase metade. Vamos destrinchar os números.

O norueguês Espen Jorstad bateu o australiano Adrian Attenborough no heads-up para faturar a bolada de US$ 10.000.000 com o título do Main Event e, graças à residência em Londres, o nórdico vai receber integralmente todos os centavos do seu prêmio milionário. Isso se deve à inexistência de tributação no Reino Unido de ganhos advindos de gambling, situação que leva muitos profissionais europeus – especialmente da região escandinava – a fixarem moradia na cinzenta ilha. Caso ainda residisse na Noruega, Espen veria algo como 39% da soma (cerca de US$ 3.900.000), ir parar no bolso do fisco norueguês, segundo Fox.

VEJA TAMBÉM: VEJA TAMBÉM: Em 3-handed relâmpago, Espen Jorstad é campeão do Main Event da WSOP 2022

Já o australiano residente em Las Vegas deixará alguma parte do prêmio para o IRS (órgão americano semelhante à Receita Federal do Brasil). Dois impostos incidem no prêmio de US$ 6.000.000 do jogador da terra dos cangurus, o imposto de renda e o imposto como autônomo. De acordo com Fox, Adrian terá que pagar US$ 2.388.875 em impostos, e ficará com apenas US$ 3.611.125 do prêmio original, uma mordida de 39,81%. O lado positivo é que Nevada, estado de Las Vegas, onde reside, não cobra taxas extras por ganhos em jogo, situação diferente de outros lugares, como veremos a seguir.

Situação parecida também tem Michael Duek, argentino que mora em Fort Lauderdale, na ensolarada Flórida. Assim como Nevada, a terra da Disneyworld também não cobra impostos extras por ganhos de jogo, logo, Duek vai pagar US$ 1.593.064, 39,83%, para o IRS, e vai ver US$ 2.406.936 do prêmio de US$ 4 milhões chegarem à conta.

O britânico John Eames, que vive na cidade costeira de Southport, na Inglaterra, também deixa o Main Event com 100% dos ganhos, assim como o campeão. Ele também se beneficia do tratado fiscal entre EUA e Reino Unido e da alíquota de 0% de tributação do jogo.

O croata Matija Dobric, por sua vez, deixará 30% dos ganhos nos cofres do IRS americano. De acordo com Fox, os Estados Unidos e a Croácia acabaram de concluir a negociação de um tratado tributário, mas que ainda não está em vigor. Com isso, 30%, ou US$ 675.000 dos US$ 2.250.000 com a quinta posição serão retidos e remetidos ao IRS e, embora a Croácia também preveja taxação sobre ganhos em jogos, é provável que Dobric obtenha um crédito fiscal a fim de evitar a dupla tributação.

Já o amador Jeffrey Farnes, sexto colocado com o prêmio de US$ 1.750.000, seria um dos mais taxados ao dever valores ao IRS e em nível estadual. Conforme Russel, sua posição de amador o isenta dos impostos referentes a atividades autônomas. Entretanto, é devido o pagamento de taxas ao estado sobre faturamento de qualquer natureza. Segundo os cálculos do contador, US$ 621.968 serão pagos ao IRS e outros US$ 177.720 ao Departamento da Receita Federal do Oregon, totalizando US$ 799.688 em impostos federais e estaduais, restando aos bolsos do jogador US$ 950.312 com o pagamento de 45,70% em taxas.

O outro amador da FT, o canadense Aaron Duczak, faturou US$ 1.350.000 com a sétima posição, e terá 30% desse valor fatiado pelo IRS que, conforme o Tratado Tributário EUA-Canadá, especifica que os canadenses enfrentam uma retenção de 30% sobre seus ganhos. Fox ainda lembra que há decisões no Tribunal Tributário canadense que diferencia alíquotas de ganhos profissionais e recreativos com os pros, inclusive, podendo abater valores com perdas. Entretanto, não é o caso de Aaron, que vai pagar US$ 405.000 e embolsar US$ 945.000 do valor original.

O profissional francês Phillipe Souki também foi esperto o suficiente para meter o pé da cidade luz e fixar residência na capital inglesa a fim de evitar as pesadas taxações. Com isso, ele recebe o valor integral do seu prêmio de US$ 1.075.000 com o oitavo lugar ao evitar a bocada de 47,5%, que seria destinada ao fisco francês. São US$ 510.625 a mais nos bolsos.

CONFIRA: Dan Zack ganha o prêmio de Jogador do Ano da WSOP 2022 e João Simão é sexto

Quem vai ver boa parte do valor evaporar é Matthew Su. Depois de ser derrubado com Q-Q por 9-9, no nono lugar, e ter que se contentar com o prêmio de US$ 850.675, quase metade do valor será usado para o pagamento de impostos. Serão US$ 332.898 ao IRS e US$ 72.856 ao Departamento de Impostos e Receitas do Distrito de Columbia, valor devido pela residência em Washington DC. Su terá que pagar 47.70% em taxas, e vai desfrutar de apenas US$ 444.921.

Por fim, o nova-iorquino Asher Conniff teve azar ao ser eliminado no 10º lugar, na bolha da FT oficial, e também será quem levará a maior bocada do fisco. Jogador profissional, Asher vai ter aniquilado 48,21% do prêmio de US$ 675.000: US$ 253.733 irão para a receita e outros US$ 71.669 para o Departamento de Tributação e Finanças de Nova York. No fim das contas, Asher vai poder usufruir somente US$ 349.598.

É importante citar que os valores são especulativos, tendo como base informações de local de nascimento e residência dos premiados. Como em vários torneios com buy-in alto, muitos jogadores costumam trocar ou vender ações, o que acaba dificultando o conhecimento do real valor ganho por cada um.

Por fim, do valor total distribuído na FT, pouco mais de 17% irá parar nas mãos de fiscos distintos, e a tabela de premiação seria ligeiramente alterada se considerado o valor ganho pós impostos, confira abaixo.

TAXAÇÃO MESA FINAL MAIN EVENT WSOP 2022

Valor ganho na mesa finalUS$ 30.950.675
Impostos para o IRSUS$ 6.270.538
Impostos para o Departamento da Receita Federal do OregonUS$ 177.720
Impostos para o Departamento de Tributação e Finanças de DCUS$ 72.856
Impostos para Departamento de Tributação e Finanças de Nova YorkUS$ 71.669
Impostos totaisUS$ 5.512.783

TABELA DE PRÊMIOS MAIN EVENT WSOP 2022 PRÉ E PÓS IMPOSTOS

POSIÇÃO FINAL / NOMEPRÊMIOPRÊMIO PÓS IMPOSTOS
1. Epsen JorstadUS$ 10.000.000US$ 10.000.000
2. Adrian AttenboroughUS$ 6.000.000US$ 3.611.125
4. John EamesUS$ 3.000.000US$ 3.000.000
3. Michael DuekUS$ 4.000.000US$ 2.406.936
5. Matija DobricUS$ 2.250.000US$ 1.575.000
8. Phillipe SoukiUS$ 1.075.000US$ 1.075.000
6. Jeffrey FarnesUS$ 1.750.000US$ 950.312
7. Aaron DuczakUS$ 1.350.000US$ 945.000
9. Matthew SuUS$ 850.675US$ 444.921
10. Asher ConniffUS$675.000US$ 349.598
TOTAISUS$ 30.950.675US$ 24.357.892

O MaisEV agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias do mundo do poker (t.me/maisev).

Para comprar ou vender créditos de poker, sem burocracia e com segurança. Acesse a ROYALpag.com. Receba em 5 minutos.

Salas de poker
partypoker
4,8 rating
Bônus de boas-vindas com até $30 em ingressos SPINS
GGPoker
4,8 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até US$ 600
Bodog
4,5 rating
Bônus de boas-vindas de até US$ 1.000
PokerKing
4,3 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até US$ 2.000
PokerStars
4,0 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até $600 e $30 grátis
888poker
3,8 rating
Bônus de boas-vindas de 100% até US$ 400
Código de bônus
Código de bônus WELCOME100