Doug Polk coloca desafio entre Holz e Malinowski em suspeição, entenda os argumentos

Por: 10/03/2021

Doug Polk desconfiou de lisura do desafio por instantes e chegou a cancelar transmissão do jogo.

doug polk

Nunca os desafios de poker estiveram tão em alta. Talvez seja efeito dos meses pandêmicos ou o tédio de muitos jogadores ao ficarem mais tempo em casa, ou as duas coisas.

Para Doug Polk, a motivação em anunciar aos quatro ventos o desafio a um forte oponente pode ser apenas mais um truque de marketing, e assim seria o duelo entre Fedor Holz e Wiktor Malinowski.

Doug voltou suas atenções ao confronto e chegou a abrir um streaming para comentar as ações tomadas pelos dois dos melhores jogadores de NLH do mundo, mas acabou desistindo de cobrir o duelo.

“Só um momento…isso é combinado? Não cheguei a pensar nisso, mas é possível que isso seja armado? É uma jogada tão ruim que nem imagino…Isso é armado, Mike? É simplesmente uma jogada horrível, constrangedora. Aquela taça de vinho deve ter caído muito mal…Isso é uma porra de um golpe de marketing”, disse Doug em um ponto da transmissão a Mike Brady, do Upswing Poker, que também comentava o duelo, após uma jogada considerada extremamente fraca.

“O que é mais provável, que alguém seja tão ruim assim ou que alguma coisa estranha esteja ocorrendo nos bastidores? Assistimos duas horas de poker e não consigo nem contar quantos erros foram feitos” prosseguiu Doug antes de encerrar o duelo “armado”.

A comunidade também questionou a credibilidade do duelo. Alguns chamaram atenção para o mercado de apostas, que aceita bets em um dos dois como ganhador e que é disponibilizado no próprio cliente do GGPoker, e que arrecadou mais de US$ 100 mil, incluindo uma aposta única de US$ 50 mil. A tese seria de algum associado de Wiktor ter apostado na vitória de Fedor no dia. Já outros sugeriram que Wiktor poderia usar algum tipo de assistência em tempo real durante os jogos de heads-up e, a incapacidade de usá-lo durante o desafio, explicaria suas jogadas ruins. Também aventaram a possibilidade de “limitless” estar simplesmente bêbado demais para jogar seu A-game.

Mais tarde, Doug sugeriu que, ou Wiktor estava muito bêbado, ou não seria muito bom em jogos de heads-up de NLH, ou, ainda, que os dois jogadores possam ter uma vantagem financeira do GGPoker ao realizar certas ações a fim de atrair mais espectadores ao desafio.

Alheio a isso, Fedor Holz puxou mais de US$ 37 mil de lucro na primeira sessão e outros US$ 14 mil no segundo duelo.

A terceira sessão acontece hoje, a partir das 15h30, e os entusiastas podem acompanhar a transmissão do confronto por aqui.

Para comprar ou vender créditos de poker, sem burocracia e com segurança. Acesse a ROYALpag.com. Receba em 5 minutos.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Salas de Poker