Cinco Brasileiros Disputam Anel na FT do Main Event da WSOP Argentina

Por: 08/08/2017

Brasileiros e Argentinos brigam por título do Main Event da WSOP Argentina.

wsopUm clássico do futebol mundial também marca a decisão do Main Event da WSOP Argentina.

Entre os nove finalistas há apenas a presença de brasileiros e argentinos. A liderança cabe ao hermano Miguel Silva, com 5.100.000 fichas. Mas se a ponta é argentina, os brasileiros dominam em número a mesa final. Logo atrás do líder aparece Fábio Souza, com 4.910.000 fichas, e também seguem na briga pelo anel da WSOP Helerson Moro (3.215.000), Reinaldo Abramovay (3.010.000), Rafael Pandolfo (2.770.000) e Rodrigo Schneider (1.880.000).

Foram 924 entradas no Main Event da série patrocinada pelo 888poker, e o campeão levará US$ 140.050 para casa. A decisão teve início às 16 horas (horário de Brasília).

BRASILEIROS BRILHAM EM PARALELOS

E se o Brasil conta com uma boa chance de faturar o anel mais prestigiado da série, nossos jogadores já estão fazendo bonito nos paralelos.  Até então foram três anéis conquistados, com Lucas Barroso no Turbo 888 (premiação de $16.600), o alagoano Marcos Siqueira no Omaha ($10.220) e o paranaense Luís Kamei no Second Chance ($30.250).

No total o Brasil conta com 20 anéis conquistados nos torneios Circuit da WSOP, com títulos na África do Sul, Uruguai, Brasil e Argentina. Rafael Caiaffa, com duas vitórias, no High Roller e no 8-Game da WSOP Brasil do anos passado, é o único jogador do país a possuir duas joias. Na ocasião ele também se sagrou campeão do ranking da WSOP Brasil.

Chip Count Mesa Final  Main Event WSOP Argentina

Miguel Silva (Argentina) – 5.100.000
Fábio Sousa (Brasil) – 4.910.000
Alejandro Sicura (Argentina) – 3.730.000
Helerson Moro (Brasil) – 3.215.000
Rafael Pandolfo (Brasil) – 2.770.000
Juan Perez (Argentina) – 2.020.000
Rodrigo Schneider (Brasil) – 1.880.000
Cristian Vilches (Argentina) – 1.475.000

 

Curta a página do MaisEV no Facebook siga-nos no Twitter

 

CONHEÇA OS MELHORES ACESSÓRIOS PARA JOGAR POKER.

Alex Faccini

Alex Faccini

Conheceu o poker em 2006 através da ESPN, em uma mesa que contava com Sam Farha e Phil Ivey. Se apaixonou pelo jogo e pela malandragem de Farha, o único jogador com sangue HUE BR. Passou pelas faculdades de Direito e Publicidade, sem concluir nem uma, nem outra. Apaixonado por cinema, música, literatura e outras artes mais, aprendeu a jogar sinuca em botecos com tiozinhos tomando cachaça, e tem a certeza que vivemos em uma Matrix. Sempre se esquece de encher as formas de gelo.

Veja mais:

Salas de Poker