Clique Aqui O que a faculdade te ajudou? - Página 4

Lista de Usuários Marcados

Página 4 de 5 PrimeiroPrimeiro ... 2345 ÚltimoÚltimo
Resultados 31 a 40 de 50
Like Tree110Likes

Tópico: O que a faculdade te ajudou?

  1. #31
    Chip Leader
    Data de Ingresso
    09/01/09
    Posts
    1.788
    Citação Postado originalmente por ex-ReiDaCacheta Ver Post
    Não sei como funciona em outras áreas, posso falar de engenharia/exatas.

    Tem algo que as pessoas não estão levando em conta quando criticam a faculdade (ainda que muitas críticas sejam justas). Em muitos casos, a faculdade te prepara para desafios maiores, ainda que você não use aquilo que aprendeu no curso (estou considerando uma pessoa interessada pelo curso e que realmente estude).

    Como assim? Quem aprende a resolver uma equação diferencial parcial de segunda ordem consegue se virar pra resolver quase qualquer coisa... (desde que não seja um tapado e tenha bom senso, mas uma pessoa assim também não vai se virar sem faculdade)

    Com certeza outros cursos difíceis também têm suas disciplinas que causam o mesmo resultado. Te fazem pensar e adquirir senso crítico (ainda que nunca mais você use aquilo no dia a dia de sua profissão)
    É exatamente este amor que eu digo. Eu chamo isso de alienação suprema, meus amigos de economia são assim: "alunos de adm não sabem fazer uma integral kkk" e se acham os "verdadeiros supra-sumo da capacidade analítica-mor" mas não conseguem enxergar que a faculdade ensina apenas uma coisa: ser um bom funcionário.

    Ela te limita totalmente, na boa, para pra pensar, o que faz você ser superior as outras pessoas porque conhece mais sobre equação diferencial? Pq? Consegue manipular dados, enxergar melhor? Bullshit MAN!

    O que você aprendeu foi apenas uma habilidade e habilidade todo mundo aprende, basta ficar um pouco mais tempo que o outro que o longo prazo dirá que você é mais hábil que o outro ser.

    E é exatamente isto que a faculdade te prepara: ser uma pessoa hábil.

    Mas enquanto a atitude, a capacidade de analisar o seu meio é lá em baixo. Por isto que tem muita gente ruim em cargos altos: Pq eles tomam atitudes, pq eles são socialmente mais inteligentes e pode apostar que a maioria das empresas possuem a maioria dos cargos executivos compostas por estas pessoas ou talvez que conseguem ter habilidade e inteligencia social.

    É uma verdadeira falácia isto.
    damourax and Solidus66 like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  2. #32
    Chip Leader Avatar de otaviobit
    Data de Ingresso
    26/02/09
    Posts
    2.132
    Faculdade antigamente era garantia de emprego bom, hoje é o básico para emprego meia boca, cargo de gerência a pós já é exigida, depende da sua visão de futuro. Carreira em empresa a faculdade vai te ajudar de uma maneira ou outra, se decidir ser empreendedor só vale a pena se você gostar de estudar e for aplicável na sua empresa. Como experiência de vida acho interessante, vejo que alguns traços da minha personalidade de hoje foram moldados na época de faculdade.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  3. #33
    World Class Avatar de damourax
    Data de Ingresso
    22/06/09
    Localização
    Macapá - AP
    Posts
    5.150
    Galera focou no lance do sujeito aí hein hahaha, claro que eu sei qual é o sujeito de uma frase, mas tive que ir no google ver quais são as classificações pq não lembrava q eram inderterminado, inexistente, etc. A mensagem que eu queria passar era que é um conhecimento que vai embora e passa longe de ser indispensável pra vida e justamente por isso não tem porque ser ensinado repetitivamente até o fim do ensino médio enquanto tem muito mais coisa útil aí pra ser ensinada.

    Eu to com 27 anos e entrei de novo na faculdade esse ano, enquanto a calourada novinha se desespera de estudar, vira noite, vai até 2h da madrugada eu tenho um estudo melhor e em menor tempo, a vida já tá mais organizada, mas não acho que foi por conta apenas das experiências prévias em outros cursos, vai da idade, de ter trabalhado, morar sozinho há anos, ter voltado a estudar pro ENEM, ter feito o curso que o Cleber falou do coursera que dá uma ótima base pro estudo e tal. Minha sorte é que faço um curso sem aulas, um sistema diferente que passam os objetivos do aprendizado e o aluno vê em casa e depois faz uma discussão mediada pelos professores, pq se fosse pra aguentar aula expositiva seria complicado, a sensação de perda de tempo é muito grande.
    Quando tava na engenharia passava semanas boiando nas aulas de cálculo, e em 10 minutos no Khan Academy aprendia o conteúdo de um mês de aula. Por mais que a faculdade possa dar experiência de vida e tal, a parte do conteúdo é muito pouco otimizada.
    Picinin likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  4. #34
    Amador Avatar de Solidus66
    Data de Ingresso
    26/08/14
    Localização
    Brasília - DF
    Posts
    22
    Eu fiz 3 anos de economia (dropei no último ano), e aprendi coisas interessantes, mas que podia ter aprendido facilmente através de livros e blogs de forma independente se me fosse necessário. Eu não me arrependo, porém, não acho que tenha sido ou vá ser fundamental pra minha vida, já que não quero ser empregado, trabalhar pra alguém. Almejo ser freelancer, pois prezo muito pela liberdade, ser senhor de mim mesmo. Não gosto da ideia se ser subordinado a alguém profissionalmente falando. Dito isso, a concluo que a faculdade não me foi muito útil, o poker em geral me deu muito mais base empreendedora que a faculdade. Jogar poker é como abrir um negócio, e sua banca é sua empresa.
    Bolengo likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  5. #35
    iti
    iti está desconectado
    Professional
    Data de Ingresso
    01/07/10
    Posts
    466
    Sou dentista e na odonto a faculdade conta muito para a profissão , pois além de ser mto teorica é mto prática tambem. Se um aluno falta em todas as aulas ele não consegue atender , ou vai fazer mta cagada. Porém , ela te ensina apenas um basicão de todas áreas...vc não consegue executar muitas das operações que acontecem no dia a dia , ai vc tem q encaminhar para um especialista.
    Pra falar a verdade , eu me decepcionei muito com a faculdade apesar de ser formado na USP , eu achava que iria sair o Mestre da odonto e vc sai nao sabendo quase nada , ou sabendo o basico do basico.

    Na odonto a frase ''quem nao sabe , ensina '' se encaixa melhor do que nunca. A maioria dos professores que tive sabe tudo na teoria mas não consegue executar na prática kkk é ate engraçado eles fazendo cagada ou demorando um ano pra terminar o atendimento ...enquanto vc pega um dentista do postinho abre um canal em 30 segundos
    Cleber2b likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  6. #36
    World Class Avatar de sopro
    Data de Ingresso
    30/08/09
    Localização
    Moisés Lucarelli
    Posts
    19.767
    Cleber2b and Ljc like this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  7. #37
    Expert Avatar de Andre Castro
    Data de Ingresso
    15/06/09
    Posts
    4.628
    @Picinin
    quem são os professores cujas aulas valiam a pena? Óbvio que não quero que você se exponha falando de quem acha ruim, só dos professores que achava muito bons. Se não ficar a vontade também, só ignora esse post e segue o jogo.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  8. #38
    World Class Avatar de Picinin
    Data de Ingresso
    20/10/07
    Posts
    11.716
    Citação Postado originalmente por Andre Castro Ver Post
    @Picinin
    quem são os professores cujas aulas valiam a pena? Óbvio que não quero que você se exponha falando de quem acha ruim, só dos professores que achava muito bons. Se não ficar a vontade também, só ignora esse post e segue o jogo.
    Os três a quem eu tinha me referido são o José Marcos Rodrigues Vieira, Vinícius Gontijo e Juliana Cordeiro.
    Andre Castro likes this.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  9. #39
    Table Captain Avatar de Mandracon
    Data de Ingresso
    30/12/14
    Localização
    Brasil
    Posts
    901
    Faculdade vale a pena sim, na pior das hipóteses permitirá que você seja um presidiário high stakes, com direito a cela individual e tudo.
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

  10. #40
    World Class Avatar de Caipira
    Data de Ingresso
    22/11/11
    Posts
    7.631
    Citação Postado originalmente por sopro Ver Post
    Faculdades de saúde (Fisioterapia, Medicina, Odontologia, etc) formam clínico geral. Vc se forma sabendo o básico de todas as áreas. 95% dos formados em odonto (sem exagero na %) acabam fazendo, no mínimo, uma atualização em uma área específica. A maioria parte para a especialização ou, agora na moda, mestrado profissionalizante. Na Medicina fazem residência. Antigamente não havia tanta necessidade em se especializar, pois a mão de obra não era farta e também não se tinha tanto conhecimento/técnicas/materiais que permitiam o aprimoramento dentro de cada área. Muita gente se decepciona com a formação, como o @iti disse. Eu mesmo achei que após a graduação a especialização seria um diferencial e não uma necessidade.


    Os cursos de graduação ensinam apenas o básico por desinteresse dos alunos e dos professores. Com acesso fácil a tecnologia (softwares, aparelhos, etc) dava para melhorar o ensino. Mas, os professores não se interessam muito, pois aprimorando o ensino na graduação vc minimiza a necessidade do dentista fazer uma especialização ($$$). Exemplo? De forma geral é mais fácil vc fazer uma cirurgia de implante do que remover um 3º molar incluso (siso). E cirurgia de siso vc aprende na graduação, mas fazer implante não. E grande parte dos alunos são desinteressados. Querem mais é pegar o diploma para ir trabalhar na clínica do pai ou fazer logo a especialização. Reparem que o conceito "especialização é necessária" já está sedimentado na cabeça do aluno, que nem questiona isso. Exemplo? Alguns anos atrás todos os cursos de Odontologia (integral) passaram a ser de 5 anos. Quando me formei o período integral era de 4 anos. Só o noturno era de 5 anos. Eu tinha apenas meio período por semana de “janela”. Um dos objetivos (principal) de aumentar 1 ano de graduação foi de proporcionar ao aluno mais tempo para fazer estágios, iniciação científica, monografia, atividades extra-muro, etc. Hoje os alunos têm semanas com 4/5 “janelas”, há dias em que nem aula eles têm, mas o que acontece na prática? Eles ficam em casa.


    Só não acho que quem não sabe clinicar vira professor. Primeiro pq para ser professor, em universidades públicas, há prova prática. Obviamente passam os melhores. Segundo pq a escolha em ser professor se pauta em outros motivos (aspectos financeiros, marketing, estabilidade, gosto pela área acadêmica - pesquisa, dar aula, etc) e não somente “não manjo clinicar, partiu dar aula”. Pode existir essa impressão pq os professores de faculdades públicas, em sua grande maioria, são dedicação exclusiva (DE) e por isso não podem ter outra fonte de renda (montar cursos, ter consultório, etc). Então, vc não vai ver professor de USP, UNICAMP, etc, fazendo propaganda em redes sociais e/ou revistas da área. Antigamente, mesmo contra a legislação, muitos professores davam cursos e atendiam em consultórios particulares, alguns até atendiam pacientes particulares dentro da faculdade. Colocavam no cartão profissional que eram professores universitários. Isso é um marketing muito forte. Hoje a fiscalização apertou e poucos professores continuam correndo esse risco. Aliado a isso, a legislação mudou muito e o aspecto financeiro não é mais tão atraente (demora para vc ganhar o “super salário”, não se aposenta com o salário integral, etc). Isso diminuiu a vontade de um dentista, que gosta de dar cursos e atender em consultório, ser professor universitário.


    Em odonto, a vantagem de ser professor em universidade pública (DE) ainda é a estabilidade. Depois de entrar vc só sai se quiser. O cara tem que ser muito bom para ser exonerado. Além disso, a tranquilidade do cargo é muito grande (benefícios de agências de fomento, alunos de pós-graduação “trabalhando”/publicando pra vc, sem dor de cabeça com encargos/administração de consultório, etc).


    Acho que ninguém entra em uma faculdade de saúde pensando em ser professor. Todos entram com o objetivo de clinicar. Mas, ai vc tem acesso à pesquisa e gosta da área acadêmica (meu caso). E para conciliar a clínica com a pesquisa só dando aula em faculdade privada. Tenho visto bons pesquisadores e ótimos clínicos abrindo mão de prestar concurso. Pelo fato do lado financeiro não ser mais tão atraente, eles optam por dar aula em faculdades privadas, ministrar cursos e clinicar. Exemplo? Tem um concurso aberto para professor de Cirurgia na UNICAMP. Prorrogaram as inscrições pq nenhum cirurgião se inscreveu. No penúltimo concurso de Endodontia houve apenas 2 inscritos.


    O dentista do postinho abre um canal mais rápido pq não precisa mostrar o passo a passo para o aluno, não deve seguir todo o protocolo de forma correta, tem vários pacientes esperando na sala de espera enchendo o saco e tem pressa. O professor da faculdade demora mais, mas o paciente não retorna depois de alguns dias com dor. E na melhor das hipóteses, se o tratamento foi rápido e eficiente, o dentista do postinho só conseguiu isso pq os ratos de laboratório ficaram lá pesquisando e aprimorando técnicas, materiais e equipamentos que diminuíram a sensibilidade do tratamento.

    tl;dr
    Registre-se ou faça login para ver assinaturas.

Página 4 de 5 PrimeiroPrimeiro ... 2345 ÚltimoÚltimo

Permissões de postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
© 2007-2019 · MaisEV · Todos os direitos reservados